Por: Zelandes Alberto Oliveira

Publicado no Boletim Insikira/An0 6/Número 10/informativo da Licenciatura Intercultural/ julho-Dezembro de 2010

Parte do povo Patamona está localizado a margem direita do Rio Maú, no Território Brasileiro, dentro da Terra Indígena Raposa Serra do Sol, e outra parte também, as margens do Rio Maú,m porém a margem esquerda do Rio, no território da Republica Cooperativista da Guiana.

Na cultura do povo Patamona a dança Ximidin exerce uma representatividade de grande valor cultural, pois é por meio desta dança que ao longo do tempo, o povo Patamona vem perpetuando a sua cultura.

A dança Ximidin é apresentada e dançada durante e após os casamentos coletivos deste povo, quando a pessoas responsável pelos cânticos, normalmente é um senhor que vem acompanhada de sua companheira, juntos iniciam os cânticos a são acompanhados pelos casais. A dança normalmente inicia-se após o jantar por volta das 19:00hs e se encerra por volta do meio dia do dia seguinte.

Durante o tempo que durar a dança, os casais devem dançar segurando as mãos, onde a mão direita deve segurara também a outra mão direita do companheiro ou da companheira, pois segundo a mitologia desse povo o casal que desfazer esse gesto, estará sujeito a não ter um casamento feliz, sendo assim, o casamento pode ser desfeito, ou seja, eles poderão se separar o quento antes.

Na cultura Patamona esses casamentos vem acontecendo com certas frequências, o que demostra que o povo ainda preserva essa importante identidade, sendo o elemento marcante, que representa a cultura do Povo Patamona.

No mês de setembro do ano de 2010 houve um casamento na Comunidade Indígena Urinduk, onde forma selados os laços matrimonias de 09 casais do Povo Patamona dentre os quais estava também, presente o Povo Makuxi.

A cerimonia teve inicio por volta das 16:00h e encerrou por volta das 10:00h do dia seguinte. Durante o encerramento do cerimonial de casamento, as pessoas responsáveis pelos cânticos e pela dança, leva cada casal até sua residência, dançando e cantando quando na oportunidade são proferidos diversos discursos por partes dos convidados, no sentido de aconselhar aquele casal, para que os mesmos entendam o sentido do casamento, lembrando que antes do casamentos os futuros casais recebem orientação por parte de um senhor e uma senhora, para que estes entendam o significado do matrimônio.

De acordo com algumas literaturas o tronco linguístico do Povo Patamona é de Origem Caribe.

Obs:. A matéria impressa estava acompanhada de fotos.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
Indígena Makuxi - Raposa Serra do Sol; Acadêmico de História; Militante de Movimentos e Organizações Indígenas: OPIRR< CIR< ODIC< APIRR "Pode até Calar um Índio, Mais a Nação se levanta para Gritar" Alex Makuxi

1 COMENTÁRIO

  1. Excelente matéria, só faltou as fotos para ficar perfeita, mas é sempre bom conhecer a cultura de outros povos indígenas! parabéns!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here