Entre os dias 22 e 24 de maio, das 9h às 18h, a Fundação SOS Mata Atlântica realizou a quinta edição do Viva a Mata – mostra de iniciativas e projetos em prol da Mata Atlântica, no Parque Ibirapuera, em São Paulo. O evento, teve como patrocinador o banco Bradesco e o apoio da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente (SVMA).
O evento contou com palestras, debates, exposições, oficinas, peças de teatro, entre outras manifestações artísticas.
Os principais objetivos do Viva a Mata era comemorar o Dia Nacional da Mata Atlântica (27 de maio), promover a troca de informações e experiências entre os que lutam pela conservação deste Bioma, realimentar o movimento ambientalista, e informar e conscientizar a sociedade.

Ponto Alto do evento
Creio ter sido o ponto mais forte do evento o espaço arena, onde aconteceu atividades físicas, rodas de conversa, jogos e peças teatrais, como por exemplo, o espetáculo “História Molhada 2 – a Aventura Continua” , pela Cia. Trem Bão. A peça mostra a importância da água no mundo e os cuidados que todos devem ter com este bem natural e aborda temas como: preservação do meio ambiente, ciclo da água, doenças de veiculação hídrica, combate à dengue, esgotamento sanitário, processo do tratamento do esgoto e problemas causados pelo lixo.
O Túnel dos Sentidos possibilitou aos participantes entrarem de olhos vendados e experimentar sons, cheiros e texturas da floresta e também a distribuição de mudas de árvores nativas foram atividades que marcaram o evento.
A meu ver, o grande sucesso do evento foi a construção do auditório Oca, com palestra de variados temos, o auditório nos remetia a refletir sobre a sua construção que segundo seu idealizador, Nido Campolongo, o local era: “Naturalmente sustentável , os índios usam materiais de seu conviveu para a construção de suas casa. Utilizei grampos de metal e mdf na confecção de 1.700 cones de papelão que justapostos compõem esta oca, apropriando-me do comportamento e da arquitetura indígena para a criação deste abrigo de modelo construtivo reciclável que permite diversas remontagens. Oca e Eco são palavras parecidas, mas de diferentes origens. Uma, Tupi-guarani , outra vem do grego oikos. Ambas significam casa, (…) um palco mutante para a reflexão do habitar na grande casa que vivemos”.
Sendo assim, o evento teve a oportunidade de oferecer aos visitantes, a oportunidade de conhecer de maneira mais interativa a importância do Bioma em que habita aproximando a sua relação com o meio ambiente, no entanto, o publico que mais interagiu, sem duvida, foram as crianças, haja vista, que muitas atividades eram destinadas a elas.
De forma integrada ao Viva a Mata, também no Parque Ibirapuera, o Ministério do Meio Ambiente promoveu algumas reuniões. A programação teve a presença do Ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, e que tinha por objetivo promover a discussão de estratégias para a conservação da Mata Atlântica, políticas públicas para o Bioma e o papel das comunidades tradicionais na conservação do meio ambiente. Quanto a este ultimo tema, creio ter sido a maior fracasso para nós, deixando muito a desejar. Afinal, falar do papel das comunidades tradicionais, sem a presença dos mesmos? Onde presidiam a mesa diretora apenas o governo e diretores de grandes ONG’s? e assim foi fato, que o tema mal foi abordado. Afinal, como se falar de algo que não se vivencia?
Muito se gasta, muito se fala, grandes patrocinadores apóiam, mais a quem pensa enganar? Decepção? Não, apenas mais uma constatação.
Em fim, saber o que deve ser feito, alguns sabem, mas pelos mais diversos interesses e muita politicagem, nada é feito.

E assim se fez o Viva a Mata, evento que deu visão temas de grande importância para todos nós e para nossas futuras gerações, esperamos que no próximo evento possamos ter nossos representantes para colaborar num coletivo em busca de uma melhor qualidade de vida para nossos “pequenos hoje” e futuros guerreiros e guerreiras!

Awere.

Jaborandy Yandê Tupinambá de Olivença
jaborandy@indiosonline.org.br
Cel: (73) 9157-2919
(11) 8024-9333
Colaborando junto.
Alessandra Mendes
ale.socioambiental@gmail.com

Assista abaixo um slide de fotos feito durante o Viva a Mata 2009!!!

Imagem de Amostra do You Tube
Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Olá!
    Tenho frequentado o site e prazeirosamente tenho encontrado aqui muitos subsídios para refelxões com meus alunos de graduação, sobre as relações étnico-raciais. Quero também enaltecer a qualidade das publicações onde o aprendizado é sempre certo. Hoje, dia mundial da Mata Atlântica reverenciemos esta potência que o homem, a exemplo de outros valores, tem dizimado. Estão todos vocês de parabéns pelas inciativas.
    Meu abraço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here