Yonana e Lucineide

Esteve em nossa aldeia no dia 22 de junho, a estudante de UFF-Universidade Federal Fluminense, Lucineide Magalhães, para fazer uma pesquisa de mestrado desenvolvida na mesma no programa de Pós Graduação em Comunicação. Essa visita foi muito importante, pois para nós índios online agente se sente bastante valorizado, uma estudante vim de Rio de Janeiro para pesquisar o nosso trabalho.

Ela é da Bahia, já conhecem os Pataxó Hãhãhãe e Tupinambá reconhecem que o nosso trabalho com o ponto de intermete é uma referencia a nível nacional.

Ela gostaria de fazer um visita em todos os pontos e conhecer as atividades dos índios envolvidos no projeto índios online, esse trabalho foi muito interessante. Através da internete estamos tendo contato com várias pessoas no país, nela também nos mantemos informado da realidade que outros povos indígenas estão passando nesse momento. Infelizmente a inclusão Digital ainda tem muito a crescer, e também chegar em outras comunidade indígenas, praticamente insolada da sociedade, mais é pensando no futuro que nós indígenas chegaremos aqui.

Os dois gestores da Rede índios online Apurinan Titiá e Yonana, em conjunto com Ararawã Titiá atual coordenador do Telecentro do Povo Pataxó Hãhãhãe, respondeu o questionário sobre como surgiu a criação da rede e como essa inclusão tem feito a diferença na nossa comunidade, e os trabalhos que desenvolvemos… Acreditamos que a estudante de Jornalismo, saiu satisfeita, mesmo sendo uma visita rápida, conseguimos ajudá-la em seu trabalho de pesquisa. Acreditamos que o dialogo ele pode nos ajudar a construir a casa de nossa consciência, e em relação a luta Pataxó Hãhãhãe estamos dando visibilidade a nossa causa.

Esse diálogo foi importante, aproveitamos e perguntamos a Lucineide, porque ela escolheu nós Pataxó Hãhãhãe, Ela respondeu que nesse período está em Rio de Janeiro estudando e que a família dela é da cidade de Itabuna-BA, e que já esteve na aldeia umas 3 vezes e que achou muito importante a forma que usamos a internet, e por isso achou uma forma interessante para fazer a sua monografia. Sendo assim esse intercambio foi muito rico e importante para ambos lado. No ano passado tivemos a visita de outra aluna, Joana Brandão,que veio nos visitar e conhece o projeto. O trabalha que fazermos é colabora para que a justiça aconteça, a final os povos indígenas tem sofrido bastante nesse pais, e muitas riquezas estão ameaçada de se acabar por influencia de outras cultura, entretanto é sempre bom registrar as nossa história. Um dia ela servira de inspiração para alguém.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
A muito tempo lutando em prol do Povo indígena do qual faço parte, até ameaças de morte já recebi. Mas não me calo! pois os espíritos de meus antepassados está comigo. E a proteção de Tupã.

1 COMENTÁRIO

  1. valeu a materia Arawa!
    vamos depois socializar copias dessas producoes para ver o que eles escrevem….com certeza sera mais uma fonte de aprendizado….

    Remix: ~ é sempre bom registrar as nossa história, ela serve de inspiração para alguém~

    mandem foto de vosso novo telecentro que por aqui estamos curiosos!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here