COM A FUNAI MEDINDO A PROPRIEDADE E ACEITANDO OS
ACORDOS DENTRO DAS LEIS VIGENTES FICANDO ASSIM CIENTE DO ESTAVA FAZENDO, OU SEJA RECONHECENDO QUE AQUELAS TERRAS REALMENTE PERTENCEM AOS INDÍGENAS
DAQUELA REGIÃO.
HOJE TEMOS MAIS DE 40 FAMÍLIAS MORANDO NESSA REGIÃO ONDE HOUVE ESSE TIPO DE ACORDO COM OS OUTROS FAZENDEIROS RECONHECENDO AS NOSSAS TERRAS COMO NOSSAS,
MAS INFELIZMENTE A JUSTIÇA NÃO QUER VER ISSO COMO VERDADE DIANTE DE TANTOS DOCUMENTOS QUE COMPROVAM ESSA VERACIDADE E NÃO SE FALANDO DA NOSSA CONSTITUIÇÃO QUE AFIRMA QUE A TERRA TRADICIONALMENTE OCUPADA É USO E FRUTO E SENDO DE OBRIGAÇÃO DO GOVERNO FEDERAL FAZER VALER ESSES DIREITOS.
MAS AO CONTRARIO O GOVERNO ESTA FAZENDO OUTRO PAPEL, OU SEJA, VIOLANDO TUDO QUE ESTA DITO NA NOSSA CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA.
O FAZENDEIRO DO CONJUNTO LIMA LTDA ENTROU COM UM PEDIDO DE REINTEGRAÇÃO DE POSSE E PELO JEITO A JUSTIÇA CONCEDEU, MAS NÓS NÃO IREMOS SAIR, POIS ESTAMOS LEGALMENTE DIANTE DE NOSSA LUTA E NÃO VAMOS DESISTIR NUNCA POIS A TERRA É NOSSA, E TERRA É VIDA E SEM A TERRA PRA NÓS ÍNDIOS, NÃO HA VIDA.
POR ISSO ESTAMOS PEDINDO AJUDA AS AUTORIDADES, AS ONGS,E A SOCIEDADE
ENVOLVIDA NESSA LUTA,QUE NOS AJUDE PARA QUE AMANHÃ A NOSSA HISTÓRIA CONTINUE VIVA, FORTALECIDA E NÃO MORTA EM LIVROS DE CONTOS.

CAROS COMPANHEIROS, NESTE DIA DE TERÇA FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2005, ACORDAMOS COM UMA TRISTE NOTÍCIA, NOTÍCIA ESSA QUE NOS DEIXOU MUITO IRRITADOS COM A JUSTIÇA BRASILEIRA, A MESMA JUSTIÇA QUE ESCREVEU NA “BENDITA CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA” OS DIREITOS DOS POVOS INDÍGENAS, AGORA É A MESMA QUE IGNORA O GRANDE ESFORÇO DO POVO BRASILEIRO NAQUELE ANO DE 1988 QUANDO FOI CRIADA A NOVA CONSTITUIÇÃO. NÓS ÍNDIOS DA ALDEIA BAHETÁ QUE FIZEMOS UMA RETOMADA NA REGIÃO DAS ALEGRIAS NO MUNICÍPIO DE ITAJU DA COLÔNIA NO QUAL O PROPRIETÁRIO JÁ TINHA FEITO O ACORDO DE NEGOCIAÇÃO COM A FUNAI E O DINHEIRO JÁ ESTAVA NO BANCO, E O FAZENDEIRO SE RECUSOU A RECEBER.
COMO SE NÃO BASTASSE A POUCA VERGONHA, O QUE VEM ACONTECENDO DESDE 1500
COM A GENTE, AGORA O JUIZ DE ILHÉUS DR. PEDRO HOLLYDEI DEU LIMINAR FAVORÁVEL AO FAZENDEIRO, O MESMO QUE ASSINOU NA CARTA DE NEGOCIAÇÃO RECONHECENDO ASSIM QUE AQUELAS TERRAS DE FATO ERAM NOSSAS! QUE PENA! QUE POBRE JUIZ, NÃO? PEDIMOS A TODOS QUE DIVULGUEM ESSA PAGINA, QUE PASSEM À DIANTE, SÓ ASSIM TODOS PASSARÃO A CONHECER COMO É A NOSSA JUSTIÇA BRASILEIRA, OU SEJA, DE ILHÉUS.
ATT: CACIQUE REGINALDO RAMOS – AKANAWAN.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here