Desde 1982 nós Pataxó Hãhãhãe vem sofrendo vários massacres, muita criminalidade feita pelos grileiros contra o nosso povo.
No ano de 1997 o sofrimento foi grande, inclusive na cidade de Pau-Brasil muitos de nós sofremos violência por parte dos políticos e dos fazendeiros e seus pistoleiros. Alguns grileiros puseram fogo no nosso ônibus escolar que locomovia os estudantes indígenas para estudar na cidade. Depois bateu no índio Marcinho que estava em um mercado na cidade fazendo compras.
Quando fizemos uma retomada na Fazenda Paraíso, o governador da Bahia Antonio Carlos Magalhães junto com os grileiros mandou 250 “policia”, que eram prisioneiros da cidade de Itabuna disfarçado de polícia militar e fortemente armados, para nos tirar da nossa terra. Accionamos entao a Policia Federal para nos dar proteção, já que o indio é federal e a unica policia que pode entrar nossa área é a federal.
Agora o sofrimento maior que estamos passando é da justiça, por que há muitos anos nós vivemos esperando o julgamento da nossa terra, porque a cada dia que passa continuamos sofrendo maltratos, inclusive dos órgãos como: Funai, Funasa, Setor de Educação.

Quando não tinha a campanha INDIO QUER PAZ nós sofriamos bastante nos municípios de Pau-Brasil, Camaca, Itaju do Colônia. Hoje na cidade de Pau-Brasil a campanha esta fazendo um grande efeito, na verdade não acabou o preconceito definitivamente mas reduziu muito o numero de violência contra o índio.
Mas vendo o bom efeito que estamos observando isto não quer dizer, que não vamos acabar com a campanha, vamos lutar para na frente para acabar com o preconceito. Por que com esperança temos muito que transformar esta cidade para melhor, respeitando o direito de cada cidadão. Apesar de tanta tristeza que temos por perder tantos parentes indígenas ainda gritamos pela liberdade da nossa nação.

Geraldo Pataxó
Sua ajuda é BEMVINDA

ASSINE AQUI

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. muito bom geraldo porque vc falou a realidade o sofrimento que passamos quando os fazendeiros mandavam os pistoleiros nos atacar. gracas a Deus porque eles viram a realidade, essa campanha que comessou em 2004 os guerreiros da paz nas tambem visitamos escolas nas regioes itaju do colonia camacan paubrasil nao pensse que foi facil porque sofremos preconceito mais nao desistimos a campanha indio quer paz estar dando cotinuidade ela esta fazendo efeito eu acho que o preconceito nunca vai se acabar pode reduzir ou com um tempo pode acabar estamos juntos nessa campanha vamos conseguir
    NA MINHA ANGUSTIA CLAMEI AO SENHOR,E ELE ME OUVIU.
    DATA=26-08-2006
    KAUANA MUNIZ
    ENTAO CLAMI AO SENHOR QUE ELE VAI TE OUVIR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here