Hoje, foi um daqueles dias em que questionamos a falta de informação da maioria dos brasileiros, e que aprisionados pela ignorância emitem opiniões acreditando ser a máxima das verdades, baseando-se apenas em suas interpretações, daquilo que ouve ou ler, as contradições e o senso comum estão presentes nas contextualizações daquilo que toma para si como a única verdade.

Me fez parar e pensar quantos anos luz deve viver a humanidade para que perceba a esperteza de uns e a ruína de outros, de como é vil o homem, e os mecanismos de dominação, exploração, manipulação, como exemplo, a religião e suas regras ou leis, criados por alguns povos, na verdade grupos, afim de benefícios próprios.

E nós povos originários do Brasil, somos obrigados a conviver com a estupidez dos “ditos civilizados” há 514 anos.

O que ouvi do evangélico que chegou a minha porta, hoje, pela manhã, deveria fazer o Jesus – que acredito eu, ter sido um guerreiro, que não se curvou aos poderosos, uniu pessoas em torno de um objetivo que seria a igualdade e oportunidade para todos, o respeito às diferenças e o amor que deveriam sentir uns aos outros, e que apenas usou de argumentos contundentes assegurando-lhe uma legião de seguidores – a se sentir incapaz, ou até mesmo se decepcionado em ter nascido humano ao perceber o que foi feito dos seus ensinamentos e da sua própria história, nas mãos de seres maquiavélicos e gananciosos, sendo usado para assegurar o direito de propriedade de poucos, sustentar o capitalismo selvagem, justificar genocídios, manter políticos corruptos no “Poder”, invasão de territórios como o que aconteceu aqui nas Américas, a dizimar povos inteiros, destruir culturas e tradições e promover enriquecimento dos espertos, e fazer o homem acreditar que tudo que existe na Mãe Natureza: os animais, os rios, as florestas, enfim, foram criados apenas para servi-lo e que nós os povos originários somos os invasores.

A manipulação da Fé promove a destruição do Ser Humano e em consequência a da nossa Mãe Terra.

Não temos nada para comemorar no dia 19 de abril…

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here