STÃO DA DEMARCAÇÃO DAS TERRAS TUPINAMBÁ.

Os ataques que estamos sofrendo, partem de um pequeno grupo sem bandeiras, sem rumo e sem amor no coração, que tenta a todo o momento desmoralizar a nossa luta e colocar a população regional contra nossa comunidade, utilizando-se de dados falsos e incitando os pequenos a lutarem contra os pequenos, porque eles fazem isto? Por mais puro preconceito étnico, ou seja, por racismo, eles não nos acham à altura de ter de volta as terras que foram tomadas a força de nossos antepassados e que constitucionalmente nos pertencem.

O grupo chefiado pelo Vereador Alcides Kruchevesky da cidade de Ilhéus e ex-administrador da Vila de Olivença, e pelos empresários Marcelo Mendonça de Ilhéus e Armando Falcão de Buerarema, pregam explicitamente o ódio racial contra o nosso povo, e não faz isto de forma escondida, eles utilizam a imprensa para desferir ataques criminosos contra o povo Tupinambá, chegando até a declarar que nós seriamos o “ovo da serpente” – termo usado pelos nazistas contra os Judeus, onde eles para justificar o holocausto de um povo, diziam que os Judeus eram culpados de todas as mazelas humanas – e agora alguns destes senhores, tentam comparar os índios Tupinambá a Vassoura de Bruxa, numa clara agitação para que sejamos extirpados, assim como foram os pés de cacau infectados pela terrível doença que abateu sobre a nossa região.

Não podemos e nem iremos nos intimidar, no entanto, sabemos que nossos inimigos são poderosos dispõem de recursos financeiros e de apoio político, há poucos dias na presença do governador da Bahia, Jacques Wagner, a Deputada Estadual Ângela Souza, declarou que iria lutar até o fim contra a demarcação de nossas terras.

Os setores mais conservadores da sociedade regional estão contra a nossa luta, pois sempre mantiveram a terra sobre o seu domínio e são até senhores da vida e da morte, não conseguindo compreender que acabou o tempo dos coronéis, e que seus filhos e netos, por mais que assustem mostrando seus caninos não nos intimidarão na nossa luta justa e pacifica pelas nossas terras.

Não seremos os causadores de nenhuma guerra, queremos nossa terra de forma pacifica, pois o nosso sangue já correu no passado, manchando toda a extensão destas praias, nossos mártires a exemplo do Caboclo Marcelino estão ai para nos lembrar que esta terra, não nos foi dada por concessão. Só estamos retomando o que é nosso por direito, afinal somos nativos e descendentes de um povo “intitulado” durante muito tempo de “Caboclos de Olivença”, mas que na realidade são os verdadeiros donos dessa terra, nós os Índios Tupinambá.

Não vamos descer ao nível daqueles que nos atacam, sabemos que a nossa luta pela terra é justa, e que conseguiremos quebrar tabus e derrubar preconceitos, pois nossa identidade que foi ao longo da história sendo violentada, pelos portugueses, pelos coronéis do cacau, agora por pessoas preconceituosas não nos impedirá de lutar pelo que é nosso.

Olivença, junho de 2009.

Comissão de Lideranças do Povo Tupinambá de Olivença.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Saudações Irmãos,

    Recebi hoje informação de mais uma investida truculenta da PF para com nossos parentes aí na Bahia. Estou muito indignado com o ocorrido, e nao é a primeira vez. Não podemos nos calar. Moro em Sao Paulo e quero contribuir com a luta de nossa etnia aí na Bahia, deixo meu contato: israelraimundorama@gmail.com

    Mandem informações e o que precisam…

    FORÇA!!!

    abraços

    Israel Sassa Tupinambá
    Sao Paulo-SP

  2. Olha dê a César o que é de César!!E dê ao índio o que é do ÌNDIO!!Mas quem realmente é índi!!Não pessoas como eu, que se cadastraram sem ser, isso não é correto!!têm pessoa que nem daqui de Olivença é, e estão se cadastrando com a maior facilidade!!
    E o pior que nativos daqui que também poderiam se cadastrar, mas que não foram reconhecidos como índios, não sei por que??Que critério é ultilizado p/ o cadastramento de ìndios em Olivença??
    Ah!!Já sei!!Se os líderes não for com sua cara vc. não é cadastrado!!E outra coisa!1Até quem é cadastrado sofre preconceito, porque se eu não ando paparicando os líderes, aceitando e assinando em baixo em tudo que é dito, eu me prejudico!!Porque até hoje nunca recebi um benefício, que eu sei que é enviado!!Nunca recorri porque graças Á DEUS nunca precisei!!
    Então é isso!!Vamos fazer tudo correto,para que os verdadeiro índios não sejam prejudicados, temos que rever muitas coisas erradas que estão cobertas, que com à fé que tenho em meu DEUS a verdade e descência irá prevalecer!!

    E boa sorte p/ os dois lados!!

    Que DEUS prevaleça mais uma vez!!

  3. Aí Deus!!Tenha piedade dessas almas que estão usando e manipulando os outros p/ interesse próprio!!!que Deus tenha compaixão das muitas mentiras que estão sendo ditas!!Da mesma forma que segundo vcs. estão sendo atacados, todos os dias sou atacado verbalmente e indiretamente por vcs. !!
    E outra coisa??Vcs. nos vêem assim??Como inimigos??Todos nós nos conhecemos, fomos praticamente criados juntos, crescemos juntos!!!Da mesma forma que estão lutando pelos seus direitos, nós também estamos!!
    E diante mão já digo à vcs. ( índios ) essa luta não será fácil!!E tudo será realmente exposto, colocado em pratos limpos!

    fiquem com DEUS

  4. Eu tenho pena dessas pessoas que procuram fazer de seu poder uma arma contra um povo que só quer viver o seu dia a dia em paz, sem brigar com ninguem, isso que esta acontecedo com os nossos irmãos Tupinambas é preconceito e preconceito é crime, e vocês estão certo, tem que lutar para fazer ver que os tupinambas tambem existem e com eles os seus direitos tem que ser preservados, suas terras é sagrado para o seu povo, eu também me preocupo com essa situação, podem contar comigo irmãos, moro em Belém do Pará, na Amazonia e tenho também o coração de um guerreiro, espero que Deus olhe para essa situação e dê um ajuda para os tupinambas resolver esses problemas sem dor e lágrimas.

    Rosivaldo Alencar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here