Após dois anos de projeto de inclusão digital índios online, por falta de condições de sustentabilidade deixamos pela segunda vez o local de trabalho, pesquisas e estudo.
Acredito que a melhor forma de celebrar a vida é com as conquistas e vitórias, pois elas nos deixam num estado de plena felicidade, mas também acredito que para alcançarmos tal êxito exige de nós muito esforço, persistência e em se tratando de nós indígenas de luta, estamos sempre passando por desafios, hoje, dia 09 de dezembro de 2006 com muita tristeza deixamos a sala do ponto de cultura índios online em nossa aldeia, ficamos sem ter como pagar aluguel e energia, a casa que estávamos ocupando já tinha 05 meses com o aluguel atrasado, um acordo feito com o prefeito, de pagar o aluguel não cumprido, tiramos dinheiro da impressão para a energia mas não estava sendo suficiente, em fim ficaremos sem conexão até resolvermos esta situação, dos três computadores do projeto estamos apenas com um ligado, espaço cedido provisoriamente para podermos mantermos nossas atividades em dias. Tentar garantir o direito de igualdade neste país se torna cada vez mas difícil, quanto mais se fala em inclusão social passamos a ser excluídos, pois não respeitam as nossas especificidades e carências, A principal luta do nosso Povo é a busca da autonomia e estas ferramentas estava colaborando muito, porém estamos inviabilizados de continuarmos com o seu uso. até quando ficaremos a espera de políticas públicas concretas que venham atender as nossas reais necessidades e com inteira plenitude?

Cecília Tumbalalá

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Caros Tumbalalá:

    Qual é o e-mail e o nome de vosso Prefeito?
    Podemos mobiliza-nos para amolecer o coração de PEDRA!
    Quanto é os gastos de manutenção mensais que o prefeito se comprometeo a apoiar?
    Se existir documento escrito é bom publicar!
    Voces querem publicar essa materia no jornal A TARDE, CORREIO e TRIBUNA ?

    Todos depende de nós!
    Sebas

  2. Qual é e-mail de vossos vereadores, de vossa Secretaria de Educacao? Qual da Radio local?
    Cade as fotografias do antigo PONTO?
    Cade as fotografias do lugar improvisado?

    Minha proposta fazer uma lista de “todas as pessoas que estao no poder local” e bombardear…. Com dez e-mails por dia!
    Eu mke comprometo a mnadar o segundo, e um por dia, sempre e quando acha varios indios entrando na mesma corrente. Eu me comprometo a divulgar na midia grande!

    Espero a carta formal que voces tem que dirigir!
    Sebas

  3. É inacreditável que coisas desse tipo esteja ainda acontecendo com nosso povo indígena.
    A inclusão esse projeto é a arma que nós in´dígena temos para mantermos-nos ligados com outras tribos, com outros povos que lutam por direitos e que estes sejam iguais para todos e acessível a todos.
    Eu estou nesta causa tambem de enviar e-mail seguindo a idéia do Sebas, estou disposto a ajuda no que for preciso ( podendo fazer pouca coisa, mas acredito colocando a “boca no trobone” farei a minha parte como cidadão indígena que sou. VAMOS LÁ PESSOAL É HORA DE REAGIR, AGIR !!!

    Sergio

  4. É isso mesmo!!!
    Ele assinou algum documento se comprometendo a pagar? Vamos nos articular, ver o que é possivel fazer… mas depende muito da ação de vocês…

    Contem comigo nesta empreitada!!!
    Ivana

  5. olá parentes tumbas

    isso é muito revoltante!

    os direitos indígenas são conquistados após tantas lutas, conflitos, e agora um dos que voces garatiram, o de se comunicar, é impedido por falta de compromisso político?!?!?!

    acredito que manifestar publicamente seja necessario e talvez resolva.vale também mandar algo para o Ministerio das Comunicações, avisando que o projeto Gesac está inviabilizado por conta dessa falta de parceria entre instituições e pedindo uma interferencia dele nesse processo. o que acham?

    qualquel ajuda estou por ai, mas alerta, principalmente pra voces!!!

    saudades e beijos
    renata lourenço

  6. Parentes!
    Eis ai uma questão, que nos mostra a importância de nos unirmos em torno de uma causa, não podemos deixar nossos parentes em uma luta solitária, a luta dos Povos Indígenas é única, diz respeito a todos nós. Precisamos nos mobilizar, unir nossas forças!
    Atitudes como essa nos mostra q esse país é um carnaval, essa falta de interação entre as instâncias federais, estaduais, e municipais, é uma forma para as coisas não funcionarem. Só mostram sua cara em ano político (eleitoral), e, em jogos de futebol.

  7. Olá cecilia e povo Tumbalalá,
    O que vcs já fizeram concretamente? verificaram se o acordo com o prefeito é por escrito? Já mandaram uma carta oficial dizendo de toda essa dificuldade e pedindo apoio das ongs parceiras? Vamos divulgar na grande imprensa esta dificuldade de vcs, quem não grita, não pode ser ouvido e nesse país tem que berrar alto, por que o curral é grande….

  8. Infelizmente ainda é uma realidade as desigualdadee sociais, fico muito triste em ver e ouvir se fallar de tantos projetos para nossa aldeia e ñ se ver a concretização,ñ precisamos de promessas e sim de ação!convido a todos nossos irmãos indios e afeiçoados dessa causa para lutarmos por igualdade!E preciso vencermos estes obstaculos, com dignidade, respeito e acima de tudo buscar daqueles de quem é de direito fazer cumprir o q está na lei:iguadade para todos.para todos meus irmãos beijos ,abraços, e pesso a todos q incite em seus companheiros mais amor para com a causa de nós indios!

    A paz….

  9. Cecília,
    Vc é guerreira! Mulher de luta que não está na caminhada ha pouco tempo…por td isso, me admiro muito que vc espere das autoridades dinheiro para manter o ponto de cultura, ativo!!!
    Lembre-se: “Os poderosos podem arrancar uma ou duas ou até três árvores mas, jamais conseguirão deter a primavera inteira.” Td isso pq existem pessoas que lutam…então…lute sim, mas lute sem esquecer da história que contruiu nesses anos todos!
    Unam-se, peçam apoio as entidades não governamentais,(todas que conhecerem), pois estas, quando podem e quando querem ajudar de verdade, o fazem sem reclamar! Afinal, elas recebem dinheiro pra ajuda-los e devem faze-lo…sobrevivem com a realidade de vcs…existem para ajuda-los!!! Não espere que nosso país mude da água para o vinho, depois de anos de repressão…toda mudança é histórica e depende de nós. Continue tentando, mas saiba que a luta é histórica e a necessidade se faz urgente!
    Cobrar SIM, Iludir-se, jamais!!!
    Um grande abraço,
    A LUTA CONTINUA…SEMPRE !!!
    Juliani

  10. Olá parente Tumbalala fico muito triste de saber que voces estão sem condições de manter o ponto de internet mas confie em deus que voces vãochegar lá pos sem a nossa força de vontade não pudemos alcançar os nossos obgetivos desejados gostaria de dizer que diante das dificuldades temos a felicidade bem pertinho de todos nos e só nos se organizarque agente consegue aquilo que queremos e só confiar no pai poderoso(DEUS) .Abraços 23/06/2007

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here