14/11/2001 – Povo Truká derruba torres de transmissão (Pernambuco)

Revoltados com a prisão ilegal da liderança indígena Adenilson dos Santos Vieira, por ordem da juíza substituta da Comarca de Cabrobó, Pernambuco, Dra. Maria Segunda Gomes de Lima, os Truká derrubaram linhas de transmissão de energia da Companhia Hidrelétrica do São Francisco, localizadas no interior da terra indígena.

Os Truká, cujo território tradicional está situado no arquipélago de Nossa Senhora da Assunção, município de Cabrobó, a 558 km de Recife, ao longo das últimas décadas vêm lutando pela regularização fundiária de suas terras. Em 1999, cansados de esperar que o governo federal cumprisse com suas obrigações constitucionais, os índios resolveram expulsar todos os invasores de suas terras.

Em represália a esta ação dos Truká, os invasores da terra indígena e seus aliados políticos passaram a acusar lideranças indígenas de supostos crimes, todos os atos ligados à luta pela terra. Não bastasse a cumplicidade da polícia local com os interesses políticos e econômicos dos invasores da terra Truká, os índios ainda têm de enfrentar a parcialidade do procurador de Justiça da Comarca de Cabrobó, Epaminondas Ribeiro Bastos, que tenta a todo custo criminalizar a luta dos índios pela reconquista de seu território sagrado.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here