Com um sentimento de tristeza lamentamos informar que o Sr. Augusto Rodrigues de Souza, índio da etnia Pataxó Hãhãhãe nascido em 1923 hoje com 87 anos de idade, faleceu as 14h do dia 09 de Fevereiro de 2010 em sua casa na Aldeia Indígena Caramuru, ele morava junto com, o seu filho Manoel Rodrigues de Jesus que é casado e tem 7 filhos com Carminha sua atual esposa juntos todos cuidavam dele. O Sr. Augusto deixou na terra 10 filhos.

Sr. Augusto na Aldeia do Caramuru
Sr. Augusto na Aldeia do Caramuru

Suas condições de saúde não era uma das melhores, após um derrame cerebral ficou imóvel na cama e por isso necessitava de ajuda para se alimentar, tomar banho, vestir-se, etc. Ele se alimentava através de uma sonda. Por motivo de um tétano ele perdeu parte de sua perna, pouco tempo depois do derrame.

Hemerson Pataxó
hemersonpataxo@gmail.com

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. É verdade mais um anciã que parte desta vida para o alem, o Sr. Augusto, era uma pessoa muito querida na comunidade, honesto e trabalhador, quando veio o falecimento da sua dignissima esposa a D. Anália ele terminou de criar os seus filhos menores praticamente sozinho, ele sempre foi bricalhão, gostava de dar umas boas gargalhadas e tiha a mania de nos chamar de “PRIMO” todos na aldeia era primo pra ele, era uma forma de carinho que ele tinha com as pessoas… Os filhos são um exemplo, todos trabalhadores, seguiram o ritimo do pai… É verdade eu era menino quendo eu o conheci, há 28 anos atrás e graças a Deus foi uma familia que nunca deu problema dentro da comunidade, pelo o contrário, só ajudaram, nas retomadas, nos evetos, nas tradições em fim em todos os tramabalhos coletivos…Fica as minhas lembraças a todos da familia, e com certeza, TUPÃ já tem um lugar dele resevado, a missão dele aqui na terrra já foram cumprida….uma abraço a todos

  2. Outra coisa!! esqueci de colocar só para complementar o meu comentario. A FUNASA ela tem culpa, o Sr, Agusto era pra ter um atendimento expecial, um derrame celebral em uma pessoa de 87 anos, tinha que ser pessoas proficionais para cuidar dele em lugar adequado com equipamentos necessarios, um dia fui fazer uma vizita ao mesmo, não vi nada disso lá na casa de Manoel, apesar de Manoel ser um filho cuidadoso com o seu pai, mais ele ñ era a pessoa preparada pra cuidar do Sr. Augusto, e tambem tinha seus 07 filhos para cuidar, gente vamos cobrar da FUNASA, os nossos anciões estão morrendo a mingua… cadê as autoridades da aldeia, acorda caciques, cadê o nosso vereador.Eu tenho um plano para dar um basta, mais quando eu mensionei o plano em uma reunião com todos os representantes eles abriram a boca e falou que eu era doido… mais pra dar um basta nessa pouca vergonha da FUNASA, tem que ser um plano de doido…kkkkkkkkk… Um abraço a todos..

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here