Após concluir a quarta vamos estudar num povoado ao lado da aldeia chamado Será da Boa Vista. Lá como em todo canto sofremos discriminação étnica racial da parte dos colegas de classe, chegamos até ser chamado de ladrões de terra, o que na verdade nós só tentamos retomar o que é nosso que na verdade eles tomaram. Mas superamos isso de cabeça erguida pois sabemos que o direito é realmente nosso, e devemos mostrar o contrario do que eles pessam.
Nosso quadro de professores da aldeia são altamente capacitados pois alguns até já terminaram a faculdade e estão preparadíssimos para ensinar, com amor e determinação.
Desejo muito que a nossa escola seja ampliada e haja mais professores capacitados para ensinar até a oitava série pelo menos, e depois da oitava houvesse uma faculdade especializada para índios.
A escola da aldeia tem como professores Tânia Maria, Luciete, Hildérica,Selma,Maria Helena e Suyane. Por enquanto temos poucos professores, mas temos um rendimento muito bom de alunos, quando mudam de escola muitos são até elogiados isso grassas a essas professoras que dão praticamente a vida por esses aluno que no futuro lhes dão orgulho.

Idyarony 15 anos xucuru-kariri
Aldeia mata da Cafurna
Ydyarony@hotmail.com

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Colega,nós Pankararu também sofremos situação parecida:iamos até a cidade de Itaparica pois na nossa area só tinhamos o Grau primário, porém agora já temos o até o 2° grau em nossa aldeia para não precisarmos nos deslocar até outra cidade para ter uma educação de qualidade.Quanto a escola temos uma carência, pois temos apenas sete(7) salas de aulas divididas em duas escolas:Escola Pankararu Ezequiel dos Santos e Escola Indígena Dr. Carlos Estêvão.E é por conta, também, dessa situação que alguns jovens se deslocam até Itaparica para estudarem mesmo sabemdo que temos professores excelentes dentro da nossa aldeia!!!

  2. Amigo Idyarony, apesar das discriminações que nós índios sofremos,não nos enfraqueci a sua matéria trás uma grande verdade,mostra ao mundo que o índio é capaz,e não diferente. Sua aldeia e muitas outras mostram que a fé, a garra,a humildade e simplicidade,faz vencer, qualquer tipo de preconceito.Sua luta é um exemplo disso. parabéns. Um abraço!!!!!!!!!

  3. Idyarony,adiscriminção´é uma coisa que vc vai encontra nos proxímos anos de vida que terá pela frente,Porém com 15 anos vc tem acabeça no lugar quando vc diz”sou consiente dos meus direitos e ergo minha cabeça,muito bem não é com brutalidade que se resolve as coisas as vezes o silêncio fala por vc.Quanto o problema de vcs com a escola não se preoucupe, com perseveraça e determinação consiguiram uma escola diferenciada feita por vcs que tenha até o segundo grau.Até lá vá a escola sem si sentir enferior,pois vc não é melhor nem pior que niguém,adiferença é que vc não os vem como ladrões e sim como pessoas,isso te faz ser melhor do que eles!
    endependente de termos uma escola ou faculdade só pra nós índios,lembre-se que vc pode fazer tudo que queizer basta acreditar em vc e no que vc faz!

    Um abraço ,Parabéns pela bela forma de ver as coisas!
    Lian!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here