Os KIRIRIS viviam aqui

Os KIRIRIS viviam aqui na palhoça ou maloca, na tábua ou aldeia, antigamente eles vivem aqui e a aldeia se chama SACO DOS MORCEGOS, depois chegaram os JESUITAS, a catequizar, e trouxeram a missão, quando a missão chegou os índios fugiram para as comunidades, longe de MIRANDELA: SACÃO, CASIMBA SECA, BAIXA DA CANGALHA, CANTAGALO, ficaram em roda de MIRANDELA, aonde hoje é a Igreja do Senhor da ascensão, passado um tempo os índios ficarão nestes lugares, os brancos os usavam como mão de obra barata, faziam das índias prostitutas e sempre negando a religião dos índios, sua cultura , sua língua, por isso muitos desistiram de usar sua tradição e deixaram de falar seu idioma.

Aproximadamente em 1691 o padre Manoel Correia recebia carta do rei de Portugal, sobre a aldeia de Mirandela, e a partir de ai os índios ficaram trabalhando obrigados, nas fazendas, na cana de açúcar, sendo escravos, carregaram as pedras para construir a igreja , eles trabalhavam como animal, muitos índios fugiram, muitos foram atras de Antônio Conselheiro, que levo um bocado para Canudos.

Em 1972 fui escolhido CACIQUE e pedi então só 3 coisas: Primeiro de tudo Amor, depois paciência e obediência.

Nos percebemos que tínhamos nossos direitos e corremos atras, não fomos correr atras de posseiros e fazendeiros e sim da justiça, porque a justiça foi culpado de tudo isso ai, porque o governo sabendo que aqui era terra indígena deu para fazendeiros se apossar. A justiça para nós é um principio sagrado, porque a gente é justo ate com nossos inimigos, nos perdoa a quem nos ofende e deixa para instrução.

12 DE NOVEMBRO de 1995 foi a retomada definitiva de MIRANDELA:

Tinha mais 6000 posseiros de um lado e do outro éramos uns 200 índios, mulheres e homens, só com nossas armas, burdunas… e agente não se amedrontou porque sabíamos que Os poucos com Deus são muitos e os muitos sem Deus são nada.

A gente viu os posseiros e os fazendeiros arrumados suas coisas e indo embora de caminhão, saindo de uma vez. Eu busquei a indenização para os posseiros e assim ocorreu e continua a ocorrer.

Nos resgatamos nossa terra através da paciência e do amor que temos por ela, porque a terra para nos é sagrada, ela é nossa mãe, porque o índio ele nasce da terra e depois torna a renascer, porque é um animal vegetal que só Deus pode conceder.

Cacique Lázaro (1940)

Em 1996 foi retomado GADO VELHACO, em 1997 foi PAU FERRO que hoje se chama MARCAÇÃO, e em 1998 CACIMBA SECA, que hoje se chama PAU FERRO

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Essa é a História do nosso país.
    Sabe, Cacique Lázaro, o Sr. tem em seu coração a nossa história e poucos homens a tem, con tanta veracidade,tanta força nas palavras!

    Quando o Sr. puder,
    Venha até o chat, passar sua vivência.
    Sabe? O Sr. sabe mais do q muito professor ou doutor formado q tem por aí…

    Venha conversar!

    Um grande abraço!

  2. Gostei muito desta descrição sobre os povoados que visitava quando era pequena…Só fico triste por meus bisavôs estarem enterrados no cemitério desta cidade, e por este motivo não posso visitar seus túmulos…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here