Como eu queria saber como é mesmo a felicidade, mas sei que existem nações fingindo ter a felicidade, mas na verdade é apenas fingimento. Pois um povo para ser feliz, ele precisa reconquistar algo na vida, buscando tudo que lhe foi tirado, reconquistar o mundo, e precisamos buscar a nossa felicidade o quanto ante, pois nossas futuras crianças estão chegando, e não pode ter o mesmo sofrimento. Nosso país precisa entender que somos os verdadeiros donos da terra, e sendo assim estamos com a menor parte, como podemos ser feliz, se até a mínima parte que tinhamos nos foram roubadas por grileiros, por pessoas que não tem competência, que não tem coração, pessoas que só que ver a infelicidade dos outros.
A maior felicidade de um povo é a fé, a beleza natural, suas crenças, tradições, a cultura, é a cima de tudo suas riquezas naturais, principalmente a Mãe terra, em fim tudo aquilo que nosso Pai Tupã nos deixou, e que nos foram tirados cruelmente. Os povos indígenas eram felizes, mas infelizmente chegaram os portugueses tirando parte da sua felicidade, tirando parte da sua vida, a nossa Mãe terra. As nações indígenas não podem ser felizes sem partes das suas vidas, mas as nações indígenas são guerreiros, fortes e resistentes, e jamais desiste dos seus objetivos, pois a luta e o sonho por uma felicidade verdadeira continuam, e a nação indígena sonha cada vez mais estar reconquistando a sua maior felicidade, a terra. Ai quando estivermos a outra parte das nossas vidas, que é a nossa Mãe terra. Ai sim podemos gritar bem alto, somos uma nação feliz!!.

Itohã Pataxó ( Edmar)

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here