Para mim, ser tupinambá é buscar resgatar nossa cultura o dominio sobre o nosso territorio.Não conhecer esse tempo total de vivencia indigina.
Mas aprende muitas com que ouço.
Admiro como e que fazeam os nossos antepassados para sobreviver.volto oa passado e imagino,dentro da nosso realidade,a nossa aldeia ,o nosso povo ,faram fezes?Sei que até certo ponto ,creio porque depois como a chegada dos Jesuitas,é que foram conhecendo as dificuldade.a parter daí, foram explarados culturalmente é socialmente.Pois trabalhoram forcados na plantação de milho,de cana-de-acuçar,e outros .Fazeam materiais de ceramica,gargantelhas,esculturaseram tomadas pelos os Jesuitas que vindiam e não repassavamo .dinheiro a esse explarações muitos que foram forçados a fuger deixando para atrás sua familia ,sonhos,enfim,sua cultura.
Pois hoje estamos busco todos os dia de nossa vida a nossa cultura para a aldeia .
Este e um depoimento Maria Jsuina .

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. sou tupinamba atulmente morando em Santa Cruiz Cabraliá e tenho o maior orgulho de ser tupinamba pena q nossos parentes pataxós ñ tenha me aceitado da mesma forma q os tupinambas os recebem quando visitão olivença pois gostaria q isso mudasse????????????????

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here