O ordenamento jurídico brasileiro sempre pretendeu incorporar o índio à comunidade nacional, o que é um equívoco. As Constutuições Brasileiras republicanas de 1934, até a atual, sempre enfatizaram essa recomendação. Mesmo reconhecendo os direitos indígenas sobre as terras que tradicionamente ocupam, as Constituições Brasileiras sempre silenciaram quanto ao reconhecimento da organização social dos índios, de seus costumes, de sua língua, de suas crenças e tradicões. Invando e ao mesmo tempo rompendo com esta concepção retrógrada, a atual Constituição avança, garantindo aos povos indígenas importantíssimos direitos, tais como o direito à organiozação social, aos seus costumes, ao uso de sua própria língua e a suas crenças e tradições.

A Sociedade Brasileira tem que, rapidamente, entender a necessidade histórica de autodeterminação dos povos indigenas, ou entao serão partícipes desse massacre a que os índios brasileiros vêm sendo submetidos.

O que vamos fazer para que isto ocorra?

Como mostrar à sociedade que os índios têm seus direitos garantidos e que precisam ser respeitados?

Um grande beijos,
Ivana Cardoso.
(Facilitadora em Cidadania)
ivana@indiosonline.org.br

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here