Nas área que os indios Tupinambá e Pataxó Há, hà, Hãe retomaram, seria despejados quase 900 familias entre crianças, idosos, homens e mulheres, que ficariam sem ter para onde ir e passariam certamento o final de ano a beira das estradas já que a policia não teriam local para acomoda-los. Com o trabalho da Funai em Ilhéus coordenado pelo Administrador Regional Romulo Siquira de Sá e do Ministério da Justiça que enviou de imediato a Procuradora Dr. Luciana, foi possivel suspender o cumprimento das liminares que poderia tornar a situação dos indios da região mais critica ainda, pondo 900 familias indigenas numa situação de risco.
Toda a comunidade indigena regional esta convicta que a Funai/DF precisa mais que urgente demarcar as terras dos indios tupinambá e de imediato fazer a desoçupação das terras do Povo Pataxó Hã hã hãe, a mais de quarenta anos em luta, para evitar conflitos como estes.

Claudio Magalhães
Tupinambá
claudiocarillo@hotmail.com

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A luta pelas as terras indigina e uma vergonha , para os governantes do nosso pais ou sera que o indio não tem um titulo de eleitor.a que ha ocupação das terra e resistencia dos fazendeiros eu agradeço ao grupo de ACM ( Antonio carlos magalhães ) que deu titulos e terra.hoje o deputado Paulo magalhâes e proprietario de muitas terras juntamente com o fazendeiro Jaime Oliveira do Amor tem dado suporte a outros fazendeiros dando_lhes armas e pistoleiro. Ea ai como fica o indio? pedimos socorro;

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here