Tecnologia… O que é a tecnologia para nós Indígenas? Há mais ou menos sete ou oito anos a tecnologia seria algo muito novo para nosso Povo, para mim pessoalmente, há cinco anos que estou nessa busca de conhecimentos que de fato possa ajudar minha Aldeia.

Com os conhecimentos que podemos adquirir e repassar para os parentes e juntos buscarmos o crescimento, para garantir os nossos direitos e às vezes temos dificuldade de comunicação e informação com tudo que envolve a nós indígenas. Mas com o passar do tempo fomos capacitados para entrar no novo mundo, o mundo do computador, Internet, fazendo uso a favor de nossa Aldeia, tirando imagens ruins, discriminações, preconceitos etc. Hoje fazemos parte do Portal Indígena “Índios On line”, um projeto feito pela ONG Thydewas que no início contemplava sete povos. São eles: Tupinambá de Olivença, Pataxó Hã-hã-hãe, Kiriri e Tumbalalá, que ficam na Bahia, Xucuru-Kariri, Kariri-Xocó, em Alagoas, e Pankararu, em Pernambuco, mas sabíamos que com o passar do tempo a tendência do portal era expandir, crescer com a chegada de outros povos para fazer parte dessa luta. Foi o que aconteceu com a aprovação do “Mais Índios On line”. Os parentes Pataxó de Prado e Truká, na Bahia, Potyguara, na Paraíba, uniram-se a nós. No tempo que éramos sete já existia uma visibilidade muito grande da mídia em nosso Portal, pois somos nós índios do Nordeste contando nossa luta após 508 anos de massacres covardes contra o nosso Povo. Apesar de tudo, não perdemos nossa cultura e muito menos nossa história, estamos hoje dando continuidade, e mostramos isso através do site, www.indiosonline.org.br . Ali estão histórias verídicas para informar os que não conhecem que os massacres e mentiras ainda continuam, só que hoje isso se dá pela falta de políticas públicas direcionadas a nós indígenas e promessas feitas e não cumpridas pelos governantes de nosso País.

Após a criação dos Pontos de Cultura e GESAC, um projeto em parceria do MC e MINC, que levam centros informatizados com oficinas de aprendizado para o manuseio dessas máquinas, achamos que seria o fim da falta de informações e comunicações para os Povos indígenas que estão nas suas aldeias. Na 1ª Amostra de Saúde Indígena, que aconteceu em novembro de 2006, em Brasília, o então presidente da FUNASA (Fundação Nacional de Saúde) garantiu prioridades para os Indígenas nas instalações desses Pontos nas Aldeias.

Na prosa, todos dizem o que queremos ouvir, mas na prática… Cadê, de fato, a prioridade de nós indígenas nesse projeto?

O senhor Paulo Lustosa saiu da FUNASA e nós continuamos aqui nas aldeias fazendo acontecer o Ponto Índios On line, continuamos a fazer nossa parte, mas além de nós existem vários parentes em suas Aldeias que sonham com essas conexões, muitos desses povos fizeram projetos falando sobre a importância e os benefícios que este projeto pode trazer para eles e até hoje não tiveram respostas. Usaram o site Índios On line, que é nosso, para divulgar e socializar essas solicitações, como os parentes Tupiniquim e Guarani que estão situados na cidade de Aracruz (ES), onde elaboramos esta solicitação e até hoje não tiveram respostas, mas mesmo com todas as dificuldades acreditam que irão fazer parte do Portal com os outros povos que já estão. E onde estão os responsáveis pelas instalações dos pontos informatizados nas aldeias? O Ponto Índios On line, sempre esteve à disposição para facilitar esta ponte entre Governo e as Aldeias, até mesmo por que os parentes das aldeias que se interessam a fazer parte deste projeto sempre estão em contato com algum índio On line e isso poderia ajudar. Mas acreditamos na prioridade e imaginamos que o Ministro Gilberto Gil e o Secretario Célio Turino têm consciência disso e estarão acelerando o processo de instalação dos pontos nas aldeias que já fizeram suas solicitações e estão pendentes e as que em breve estarão formalizando e enviando suas solicitações.

Jaborandy Yandê – Tupinambá de Olivença
Jaborandy.indiosonline@gmail.com
www.indiosonline.org.br

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Jaborandy, meu irmão,

    São lindas suas palavras e cheias de esperança e sabedoria.
    Falta ainda a UNIÃO de todos esses povos, mas me refiro a união instituída, organizada e não apenas a união de sofrimentos e angústias.
    Índios On Line é para mim um dos projetos mais bonitos e sérios que já tive conhecimento em minha caminhada de luta por movimentos sociais.
    Continuem na força de Deus, que é único e AMA a todos nós.

    A MESA FARTA, O PÃO REPARTIDO, A LIBERDADE CONQUISTADA!

    Esta é a nossa meta!

    Um grande abraço, com muito carinho e admiração,

    Juliani

  2. Olá parentes!
    Graças a Tupã mais uma vitória foi alcançada, essa vitória também se deve a luta incessante de nossos parentes, como o Jaborandy, que busca e luta por dias melhores para todos os povos indígenas. É importatnte ressaltar que a guerra não acabou, a luta é diária e é de todos, para juntos garantirmos direitos nossos que foram tirados e até usurpados durante séculos. Não é de se admirar a burocracia do governo em aprovar mais projetos para nossos parentes, eles querem pessoas desinformadas de seus direitos para que a manipulação seja mais fácil, porém não nos entregaremos nunca e continuaremos lutando sempre!!!!!

    Beijos e muita luz para todos,
    Lua de Pankararu.

  3. Hoje os indios forão ah minha escola…

    achei muito lindo o trabalho de vcs, espero que numca deixem esse povo tão lindo, e essas belas culturas morre.

    pois como sabem vcs são uma das pessoas mais importantes que representão o nosso país…..

    Parabéns tbm pelo o dia de vcs e tenha muita felicidade.

  4. é com muito entusiasmo que mim refiro a essa coragem do indio Jaborandy, nesse país onde se conseguir algo de suma importância para todos não é facil, aos poucos percebe-se uma gradual elevação e tem sido assim, só com muita luta. Parabêns indio Jaburandy pela sua grandesa nessa caminhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here