“Celulares Indígenas” fazem a cobertura do Fórum Social Mundial 2009

  A Rede Índios on-line, facilita índígenas do Brasil inteiro para produzirem vídeos pelo celular sobre temas que variam do dia-a-dia na aldeia a denúncias sociais. O projeto “Celulares Indígenas”, realizado em parceria com o instituto Oi Futuro, através do programa Novos Brasis, será lançado durante o Fórum Social Mundial (FSM), em Belém do Pará. Oficinas ensinarão o uso e a produção de vídeos com os telefones celulares. Os mais de 3 mil índios escritos nesta edição do FSM poderão participar e contribuir com o conteúdo do novo site da Rede, que também será lançado na capital paraense.
 Desde o dia 22 até o dia 26 de janeiro, sete agentes digitais indígenas participam de oficinas de etnojornalismo, publicação digital, fotografia e vídeo. Os agentes digitais serão os multiplicadores do projeto durante o evento e, depois, nas suas aldeias.
Tainá Pankararu, 29 anos, do interior de Pernambuco, faz parte deste grupo. A primeira vez que ela teve contato com um celular foi através do projeto e, agora, já sabe muito bem o que fazer com ele. “Para mim, o contato com o celular foi novidade. Eu quero usar como um instrumento de trabalho, produzir documentários e documentar a vida do meu povo”, conta.
Os vídeos que Tainá e outros índios produzirem durante o FSM serão incluídos no novo portal www.indiosonline.org. Nele, por meio de blogs, enquetes, fóruns e galerias de imagem, índios de diferentes nações interagem, estudam e buscam melhorar suas condições de vida.
 Alex Pankararu, coordenador da REDE, explica a necessidade de apropriação das novas tecnologias pelas comunidades tradicionais: “Antigamente nós sobrevivíamos graças ao arco e flecha. Era com ele que caçávamos nosso alimento e nos defendíamos de qualquer ameaça; hoje, na era digital, para caçarmos nossa sustentabilidade, exercermos nossa cidadania e mantermos nossas tradições estamos valendo da tecnologia de ponta: celulares e internet são os aliados na hora de lutar por nossos direitos”.
 A índia Potyra Té Tupinambá concorda: “Por meio de nossos novos arco e flecha digitais que mostramos a todos que outro mundo é possível. Temos sabedoria e estamos dispostos a unir aos saberes científicos para defendermos nossa Mãe Terra.”

Sobre o Índios On-line
Desde 2004, a ONG THYDEWAS, em parceria com o Ministério da Cultura e o Oi Futuro, instituto de responsabilidade social da Oi, executa o programa ÍNDIOS ON-LINE. Participam do programa mais de 400 indígenas de 12 etnias de diferentes estados do Brasil dialogam com o mundo através das matérias que publicam no portal. O ÍNDIOS ON-LINE tem colaborado para o resgate e o fortalecimento das culturas indígenas, a valorização da diversidade e a promoção da cultura da paz — além de auxiliar os indígenas a lutarem pelos seus direitos e o seu desenvolvimento com cidadania.
O ÍNDIOS ON-LINE já recebeu os seguintes reconhecimentos:
 
1)      Prêmio Inclusão Digital – Instituto Telemar – 2004
2)      Prêmio Selo de Iniciativa de Cultura Viva – MinC – 2007
3)      Prêmio Direitos Humanos – SEDH – 2007
4)      Prêmio Parcerias – Aliança InterAge – 2008
5)      Finalista selecionado Premio ODM
6)      Finalista selecionado Premio Innovation Social– CEPAL – W.F.Kellogg 2008
7)      AREDE – 2008- Brasil
8)      CAB – SOMOS PATRIMONIO 2008 – Ibero America
9)      Prêmio Top Social 2008 (ADVB/BA ABAP/BA e ACB)

Sobre o Novos Brasis 
O Novos Brasis, é um programa de parceria com ONGs que apóia o desenvolvimento de iniciativas sociais que apliquem tecnologias da informação e da comunicação a favor da cidadania. O Novos Brasis é voltado para a educação e para a transformação social nas localidades de baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). O programa faz parte da estratégia do Oi Futuro de contribuir com alternativas inovadoras de inclusão para a sociedade brasileira. Em 2008, o Oi Futuro destinou cerca de R$ 1,6 milhão para apoiar 12 projetos sociais em sete estados brasileiros.
Sobre o Oi Futuro
O Oi Futuro é o instituto de responsabilidade social da Oi. Atua em dois eixos: educação e cultura. E está presente em várias cidades do país, democratizando o acesso ao conhecimento, incentivando a criação artística, valorizando a diversidade cultural brasileira e investindo na tecnologia de ponta para acelerar e promover o desenvolvimento. São mais de 2,5 milhões de pessoas beneficiadas através dos projetos Tonomundo, Oi Kabum! Escolas de Arte e Tecnologia, Núcleo Avançado em Educação NAVE, Conecta, Novos Brasis, Patrocínios Culturais Incentivados e do espaço cultural também denominado Oi Futuro. Assim, Oi Futuro reafirma sua crença na educação e na cultura como fatores de transformação social, reconhecendo seu compromisso de inserir um número cada vez maior de brasileiros no mapa da cidadania.

Nosso Cronograma:

Segunda 26: Os índios participarão de:Fórum Mundial de Mídia Livre
Local: Escola de Aplicação da UFPA (antigo NPI) – Av. Tancredo Neves (Perimetral), nº 1000 – Bairro Montese (Terra Firme) – Belém, PA. Próximo à UFRA e ao Museu Emilio Goeldi.

No dia terça 27 participaremos do Seminário de Comunicação Compartilhada, na NPI (UFPA).

Na quinta Feira, dia 29, na TENDA DOS POVOS INDÍGENAS (Local: UFRA)  
15:30 às 18:30… “Conversa com indígenas sobre o uso das tecnologias pelos indios”. 

No dia sexta 30 das 15 as 18 horas: “”Entrada dos indios no CiberEspaço” no  bloco F de Comunicação na UFPA.

   
Para mais informações:
Rede Índios On-line — www.indiosonline.org.br e www.indiosonline.org (novo portal)
Textos e fotos disponíveis na Rede Índios On-line podem ser reproduzidos, desde que a fonte seja mencionada.
 

Contatos:

INDIOS ON-LINE
(91) 88155550 Alexandre Pankararu (PE)
(91) 99077121 Graciela Guarani (MS)
(91) 88155505 Indianara Guarani (MS)
(91) 88111639 Ivana Tupinambá (BA)
(91) 88116317 Tainá Pankararu (PE)
(91) 88116137 Arace Pankararu (PE)
(91) 88116317 Irembé Potiguara(PB)

Apoio:
(91) 88077068  Sebastian Gerlic sebastian.thydewas@gmail.com
(91) 88116315   Paulo Marcondes

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns Sebas e turma, que bom minha gente, que bom que o projeto com a parceria forte da OI FUTURO já está na rua! Sebas, Paulo, este grupo que já postou esta reportagem são os primeiros selecionados? A reportagem está ótima, e as fotos tb!
    E o pessoal dasoutras etnias que fez a inscrição pelo site, nos meses anteriores, quando saberemos os resultados da seleção? Haverá outros treinamentos fora esse que estará acontecendo no Fórum Social Mundial para os indígenas selecionados? Como será feito o treinamento dos contemplados com celulares das outras etnias? Espero que a turma pioneira do projeto piloto dos celulares indígenas aprenda bastante, aproveite cada momento do Fórum Social Mundial, esta oportunidade ímpar de estar junto com pessoas do mundo inteiro, tentando construir uma humanidade melhor para o planeta! beijos e sejam abençoados!
    Anita Wekanã

  2. Parabés Parentes!
    É mesmo um exelente projeto com parceria da OI FUTURO. Fico muito feliz pelos parentes que estão participando deste projeto pois, terão a oportunidade de buscar novas expériencias e divulgar a nossa cultura deixada pelos nossos antepassados. Aproveitem bastante o Forum Social Mudial, multipliquem seus conhecimentos para fortalecer os nossos povos.
    Abraços Ikatu-Kaá Tabajara do Ceará.

  3. Parabés Parentes!
    É mesmo um exelente projeto com parceria da OI FUTURO. Fico muito feliz pelos parentes que estão participando deste projeto pois, terão a oportunidade de buscar novas expériencias e divulgar a nossa cultura deixada pelos nossos antepassados. Aproveitem bastante o Forum Social Mudial, multipliquem seus conhecimentos para fortalecer os nossos povos.
    Abraços Ikatu-Kaá Tabajara do Ceará.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here