Pagé Analice e o Secretário do SESAI Antonio Alves.

      Está acontecendo em Salvador no Bahia Othon Palace Hotel o Seminário Bahia Nordeste de Saúde Indígena com o subsistema de Atenção a Saúde Indígena: onde estamos e para onde vamos. Com a participação de 300 lideranças indígenas, sendo muitas parteiras, benzedeiros, pagés, caciques e lideres da base de cada povos do E15 e nordeste.
      Foi por unanimidade às várias e várias dezenas de reclamações que os lideres indígenas fizeram da FUNASA que ainda é responsável pela saúde indígena até o dia 31 de dezembro do corrente ano, na verdade os indígenas estavam abandonados sem nenhum tipo de assistência, carros sucateados, sem contratos em farmácias, indígenas abandonados, mortes de anciões por abandono e dinheiros públicos pelo ralo.
      Muitos debates, oficinas e promessas de melhorias trás esperanças aos lideres que entusiasmados passaram para o debate sobre o novo rumo da Saúde Pública voltado aos indígenas da Bahia e nordeste.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here