terreno+na+praia+em+olivenca+ilheus+ba+brasil__3DF51D_1Nós indígenas Tupinambá já estamos cansados com o descaso do governo conosco. Os órgãos públicos insistem em se rastejar como lesmas quando o assunto se trata da demarcação de nossas terras, estão nos enrolando pois sabem que se demarcarem o nosso território terão uma grande dor de cabeça com os grandes fazendeiros latifundiários. Nós indígenas reconhecemos os direitos dos pequenos agricultores, só queremos o que nos pertence por direito sem prejudicar ninguém.

Um grande motivo que também atrapalha na demarcação de nossas terras é a especulação mobiliaria, Olivença é uma localidade onde o turismo é muito forte, por conta de suas belas praias, rios e natureza. Uma localidade onde já existe uma rede muito grande de hotéis e resorts.

Nosso povo Tupinambá já está cansado em ter que pedir licença para passar por nossas praias. Nós temos as nossas tradições, a nossa CULTURA! Necessitamos do mar, para os nossos rituais, para a nossa pesca… Com a invasão de nosso território, hoje o que nos pertence estão tudo loteado com “donos” e temos que pedir autorização para passar. Queremos a nossa praia de volta, para podemos preserva-la, os invasores só pensam em seu lucro capital, estão devastando as nossas praias para a construção de resorts e hotéis, com isso estão destruindo a biodiversidade praiana. Muitos dos nossos frutos que só dão na beira da praia estão em extinção, alguns exemplos são o Xando e a Massaranduba.

Queremos as nossas terras para preserva-la, tomar conta, cuidar para que não a maltratem mais. O que desejamos é honrar os nossos parentes que já se foram nesta luta, aos nossos antepassados que foram enganados quando os portugueses aqui chegaram. Sonhamos e lutamos para ter o nosso território, pois não queremos ver mais a destruição nele, queremos um lar aconchegante, saudável, com menos poluição para os nossos curumins

 

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here