Durante a Sessão especial que aconteceu ontem (20),sobre a demarcação do território tradicional Tupinambá de Olivença, na Câmara de vereadores de Ilhéus – BA,onde estavam presentes, agricultores, produtores, moradores, comerciantes e empresários do setor hoteleiro que atualmente se encontram na área em questão.

Nós índios Tupinambá recebemos ameaças direta como a do agricultor “Marcelo Mendonça”, que tem a posse de áreas na região reivindicada, dizendo publicamente que a briga é política, comandada pela Funai que, segundo ele, não defende o índio. “Defende a si próprio”, na medida em que 2/3 dos seus recursos são para aplicar no funcionamento do órgão. “O que posso dizer é que nós, produtores, iremos reagir e garantir o que é nosso. Nem que para isso tenhamos que estar armados”.
Para apoiar a ação dos não-indios e até mesmo para garantir a área da cidade que é mais explorada com o Turismo e agricultura, com as madeireiras e carvoarias ILEGAIS, o prefeito de Ilhéus, Newton Lima, e o vice, Mário Alexandre, foram a esta Sessão Especial, dar apoio aos agricultores.

O prefeito demonstrou preocupação com a crise social que esta decisão pode causar e com mais uma provável queda de receitas que Ilhéus passará a conviver. É que com a diminuição do seu território, diminuem também os recursos que são diretamente ligados à dimensão da cidade e sua população ativa. O vereador Alcides Kruschewsky, autor da sessão, disse que esta é uma discussão que tem que ter a presença das autoridades constituídas do município, por que, qualquer que seja a decisão, trará reflexos aos cofres públicos. “Já o vereador Marcos Flávio pontua que a situação do município é caótica e este não é momento de fazer demarcação de terra indígena.”, com esses ARGUMENTOS feitos pelos políticos da cidade de Ilhéus, vemos quem tem o interesse político e financeiro em nosso território tradicional.
.
Meus parentes, amigos e parceiros que estão lendo esta matéria, ELES TIVERAM ATÉ A AUDAÇIA DE FALAR, “que onde nós indígenas reivindica uma imensa área territorial para abrigar a nossa etnia, retirando de uma vez por todas grande parte de históricos moradores da região e assumindo significativa parte da infra-estrutura da localidade. Daí continua: Só para se ter uma idéia da dimensão do pedido, o município de Ilhéus perderia para os índios 1/4 do seu território. Áreas de grandes empreendimentos hoteleiros passariam a ser território indígena administrado pelos tupinambás de Olivença”. SENDO QUE HISTORICOS MORADORES DAQUELA AREA, APÓS MASSACRES, IMPOSIÇÕES FEITAS PELOS BRANCOS E ETC… SOMOS NÓS, OS VERDADEIROS DONOS DE ONDE NUMCA SAIMOS, ONDE TEMOS A SABEDORIA QUE CADA SER VIVO NATIVO DESTA TERRA TRADIÇIONAL TEM QUE SER RESPEITADO EM SUA FORMA CULTURAL DE VIVER.

Paralelo a todas as ameaças direcionadas ao nosso Povo, o próximo passo terá que ser dado pelos agricultores que têm um prazo de 90 dias para rebater o documento elaborado pela Funai. Depois, a própria Funai vai avaliar os argumentos de defesa. O que preocupa os agricultores o que percebemos com tudo isso que vem acontecendo, é que, até hoje, desde que o órgão foi criado pelo governo federal, nunca os produtores conseguiram vencer esta etapa e nós que estamos nas bases mantendo a resistência é que vamos sofrendo todas as conseqüências. Depois – independentemente da decisão dos técnicos da Funai – o pedido segue para o Ministério da Justiça e, finalmente, chega à presidência da República, que toma a decisão final.

As dúvidas quanto ao final deste imbróglio estão apenas começando. Mas tudo isso que já incomodam a todos os lados e só fazem aumentar a tensão entre nós e os não – indos que residem nas comunidades tanto do interior como do litoral de nossa Aldeia.

Que Tupã Nos Guie!!!
Awere!!!

Jaborandy Yandê Tupinambá de Olivença
Jaborandy@indiosonline.org.br
CEL: (73)9157-2919
(11)8024-9333

Fonte: CIMI – Itabuna – BA
cimiita@veloxmail.com.br>

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Força meus parentes, essa terra tem dono, e a sociedade civil sabe disso, chegou a hora de dar um basta nessa historia escrita pelos portugueses. Vamos escrever a nossa!!! vcs são donos dessa terra que marca a sua historia inrrigada pelo sangue dos Guerreiros Tupinambá matado pelos invasores do território sagrado que é de vocês!!!

  2. Meus parentes precisamos nos unir!!!

    Nos fortalecer!!!

    Essas reuniões são mais um exemplo de como os invasores de terras indígenas se articulam e tentam manipular a opinião pública contra nós indígenas.

    Vamos nos fortalecer… mostrar a verdade… divulgar a nossa causa!!!!

    Vem ai grandes confrontos… e precisamos buscar aliados… existem não índios contra nós mas nao são todos.

    Muitos são os que nos apoiam e entendem a nossa luta… precisamos trazê-los para junto de nós!

    Que Tupã nos guie…

    Potyra Tê Tupinambá

  3. tem um dito que diz assim: nào tem compromiso com o mal porquè o mal è ambigùo, se quere compromisò com o mal vai perder deve sempre lutar contra o mal e a mentira!!!
    Parabems Jborandy Yandè pelo artigo è muito explicativo e claro!!
    que os deuses do senhor o sigam e o abençoem neste seu caminho.

  4. É verdade meus parentes eles ainda estão querente acabar com o que eles começaram!!! Mais Tupã é o maior, e estamos confiantes. O que mim surpriemdeu foi o jornal “AGORA” divulgar uma coisa que não faz sentido ou eles não tem conhecimentos e estão se passando por “indiotas” o que tem haver a hostória dos pataxó hã-hã-hãe com a dos Tupinhambá, a nossas terras é demarcadas e emolongadas todos nós temos conhecimentos, o que estamos aguardando é o jugamento no STF, das nulidades dos titulos falsos concedido na época pelo o governador Roberto Santos e Antonho Carlos Magalhões. O que eu analiso que todos estes citado ai na matéria do parentes são todos leigos das leis do pais (contituição federal)teria que se reiterar mais para começarem a divulgar estas besteiradas todas.
    Em quanto não mudar as leis é esta que prevalesse e digo mais meus parentes Tupiunambá, quando o parente diz que “o municipio perderia 1/4 do território para os indios”, eu não usaria esta frase, eu na qualidade de indio e faço parte dos movimentos “eles tem que devolver o que eles roubaram de vocês” e vou ficando por aqui pq as minha criticas são pesadas, e tenho certeza que vou ferir mais ant-indios, é melhor em um debate ao vivo cara-a-cara olhando nos olhos dos inimigos…
    Um abraço parentes foi boa esta matéria está de parabens, fico felis…

    E MEU FORTE ABRAÇO PARA OS PARTICIPANTES INDIOS E NÃO INDIOS…
    jovanildotitia@hotmail.com

  5. Nós tupinambas temos sangue guerreiro e não vamos baixar a cabeça, todos nos unidos venceremos esta batalha, o território tupinamba sempre foi dos nossos antepassados e sempre será nosso. força meus parentes, vamos unir nossas forças e esquecer as desavenças entre nos.

  6. Nós tupinambas temos sangue guerreiro e não vamos baixar a cabeça, todos nos unidos venceremos esta batalha, o território tupinamba sempre foi dos nossos antepassados e sempre será nosso. força meus parentes, vamos unir nossas forças e esquecer as desavenças entre nos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here