Entrevista

Tanawy: Com quantos anos a aldeia Cafurna de Baixo foi fundada?

Cacique: Foi antes do SPI, porque quando o SPI veio tomar conhecimento que aqui existia índio em Palmeira dos Indios, chegou à conclusão deles vir aqui na Cafurna de Baixo, então encontrava meu pai, meu avô, o pai dele que era Ferreira, e mais alguns que morava aqui – e Alfredo Celestino morava ali… então eles procuraram saber se existia índio aqui.

Chegaram no Graciliano Ramos e falou que não sabia se aqui existia caboclo – que o pessoal branco não chamava nós de indios, chamava caboclo, estão chamando nós de índio agora, depois do reconhecimento do SPI e da FUNAI ficou chamando índio.

Aí disseram aqui tem umas malocas de uns caboclos. Seria fácil de eu chegar até lá, e disseram, é, mandaram dizer para o meu avô Francilino e disseram, Francilino, vai aparecer lá um cidadão, aí veio o pessoal do SPI e disse, estou conhecendo que aqui tem índio Também foram a serra do Capela e o Coité, que é as três áreas mais velhas que tem. Então ficou conhecido em Palmeira dos Indios a aldeia Cafurna de Baixo, que vem de muitos mil anos, que quando eles chegaram aqui, já encontrou os caboclo morando aqui.

Então daí por diante começou o conhecimento do SPI, e depois passou pra FUNAI, e vem atuando e vem colaborando com um projeto de qualquer coisa, e aí nos vem dando conhecimento, e nos vai procurando trazer na aldeia. Que antigamente aqui era muito índio, não era só dez casa aqui não. De lá na cidade para chegar lá na mata era tudo casa de índio. mostro os locais que ainda tem os chão marcados, mas naquela época os branco foram botando pra fora.

Cícero Francilino da Silva 61 anos

Cacique da aldeia Cafurna de Baixo (XUCURU KARIRI)

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here