Como está se consolidando a cada semestre, os estudantes indígenas da Universidade de Brasília (UnB), realizam no início do semestre letivo a “Recepção dos calouros”. Evento que ocorre na Fazenda Águas Limpas- FAL, propriedade da UnB.

Nesse semestre 2°/2009, o evento aconteceu entre os dias 21, 22 e 23 de agosto, sendo que os estudantes obtiveram alojamentos e refeições. Dessa forma os três dias eram aproveitadas por todos!!

A programação do dia 21 foi noturna, apenas com a apresentação dos calouros e veteranos, seguido de uma roda cultural, afinal os estudantes são de diversas etnias espalhadas pelo Brasil.

Já no dia 22,  a manhã ficou por conta de representantes da FUNAI -Gustavo Menezes e Josicélia- Onde explanaram o convênio para os estudantes, de forma a apresentar também a importância do estudantes indígenas na Universidade.

p1010013

Abençoando o dia de trabalho..!!

Pela parte da tarde, dois representantes indígenas foram para a “RODA DE CONVERSA”, o Marcos Terena (memorial dos povos indígenas) e Gersen Baniwa (Cinep, Mec e Estudante de doutorando da UnB). A presença dessas lideranças foi muita importância para demonstrar um pouco da tragetória do movimento indígena, e de frizar a importância dos estudantes indígenas dentro da Universidade em prol a causa indígena.

O encontro também contou com a presença da Universiade de Brasília, representadas pelo Decanato de Assuntos Comunitários- DAC, através da Decana Raquel. O serviço de Orientação ao Universitário- SOU teve como representante a Aparecida e Fabiana, ambas Psicólogas. O setor de Esporte e Cultura da unB foi representada pela Ruti. Outros membros da universidade participaram durante o envento, como a Prof. Debora – Centro de Convivência Negra, e representante da saúde e professores -como Gerson Mol- Instituto de Química. Estudantes não indígenas também participaram, fazendo então uma interação dos universitários de Brasília.

p1010028

Gustavo Menez – CGE/FUNAI

p10100471

Estudantes indígenas, Professores, e lideranças Indígenas- Marcos Terena- Camisa Azul e Gersen Baniwa- Camisa Branca.

Todos os estudantes gostaram bastante da roda de conversa, em seguida teve o encerramento dos trabalhos. Assim os estudantes tiveram um momento de lazer com futebol -calouros X veteranos, e aqueles que não adotam o futebol como esporte principal, tiveram outros jogos alternativos (xadrez, dama, baralho, volei).

A noite foi novamente cultural, com direito a voz e violão e a “Rádio Cipó”.

p1010023

Noite Cultural!

No dia 23 foi a reunião da Associação dos Acadêmicos indígenas do Distrito Federal (AAIDF), onde se iniciou com uma apresentação de palestra ministrada pelo presidente da associação Antônio Kaimbé, o tema era Associativismo. Em seguida informes da universidade foram repassados para os veteranos e calouros e finalizando o evento uma breve explanação sobre a AAIDF, que por sua vez completava 1 ano de vigência.

Assim o terceiro dia além de ser mais um dia de “trabalho”, pois era o  aniversário da Associação dos Acadêmicos Indígenas do Distrito Federal, um dia que para todos foi especial, por conta das conquistas que vem acontecendo até esse momento através dessa união que a associação vem conquistando…

p1010033

Estudantes indígenas UnB e representante da unB e parceiros!

dsc00509

Pintura Corporal!

Equipe:

Luíz tukano

Tanielson Poran

Antonio Kaimbé

Olavo Wapichana

Parabéns a todos e a luta continua!!! Aiaiaia!!!

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
Indígena do Povo Tukano. Natural de São Gabriel da Cachoeira- Amazonas- Brasil. Estudante de Biologia pela Universidade de Brasília- DF

3 COMENTÁRIOS

  1. Minhas amigas e meus amigos acadêmicos indígenas da UnB,

    A repercussão dessa recepção aos calouros indígenas da UnB está sendo muito boa, todos fazendo uma ótima avaliação do encontro. Uma pena que eu não pude ir, pois tinha preparado tudo para comparecer e aproveitar também da companhia de vocês e dos novos que chegaram. Mas, como estava com uma virose, foi melhor eu não ter ido, pois poderia por em risco a saúde de outras pessoas. Estou sempre à disposição para a realização dos nossos projetos em comum. Sinto que a parceria está cada vez mais forte. Um grande abraço a todos! Aiaia!

    Max Müller – Serviço Artístico e Cultural da Diretoria de Esporte, Arte e Cultura – SAC/DEA/DAC/UnB.

  2. Que legal!!!!
    Acredito que essa familia dos indigenas da UNB está se fortalecendo com a entrada de novos membros!!!
    Vocês todos estam de parabensss por representarem tão maravilhosamente seus povos aí em BSB!!!!
    acredito no potencial desses guerreiros e que concerteza trará frutos para as aldeias.
    Abraço!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here