Publicado em 26 de agosto de 2011
Por Xingu Vivo
O cacique Raoni Metuktire, uma das principais lideranças kayapó do Mato Grosso, deu um puxão de orelha no presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Márcio Meira. O protesto  aconteceu durante o encerramento da Primeira Cumbre Regional Amazônica, encontro indígena realizado em Manaus entre os dias 15 e 18 de agosto. A conta da Funai é alta – e entre os piores custos, está a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. “[Márcio Meira] Tem que sair”. Puxa a orelha: “Você está matando os povos indígenas. Tem que colocar outra pessoa que se preocupe com a gente”O evento foi organizado pela Coordenação das Organizações Indígenas da Bacia Amazônica (Coica), em parceria com a Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab), e reuniu cerca de 200 indígenas da bacia amazônica, vindos de nove países diferentes.
Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. É bom que se denuncie todas as injustiças praticadas contra nossos irmãos indígenas! Se deixarmos a ganância falar mais alto, o que sobrará para os nossos índios? Saiba que estou do lado dos pobres da minha Terra!
    Zélia Maria
    Campinas, 27 de setembro de 2011

  2. É bom parente que se denuncie todas as injustiças praticadas contra nossos irmãos indígenas! Se deixarmos a ganância falar mais alto, o que sobrará para os nossos índios? Saiba que estou do lado dos pobres da minha Terra!eu sou liderança da etnia tikuna k sempre bato nessa tecla k o governo do PT é anteindigena,tae propio presidente da FUNAI,nós do povo tikuna no amazona estamo sofrendo tbm pela falta da ação da funai,a nossa terra estão sendo invadido pelo madereiro.caçadores e pescadores e nem a funai resolve quando acontecer problema com indio.nós estamo passando por grande injustiça,a funai esta sendo omisso e dolo pelo todo k acontce com os povos indigena
    danilo tikuna

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here