Quando nos povos indigenas viramos noticia diante da sociedade nao india?
Eu fiquei pensando nisso e resolvi compartilhar com voces,nem chega a ser uma materia mas acho que e sempre legal a gente falar o que pensa e sente.Eu acredito que para a sociedade nao india materias sobre nos so chamam atencao quando sao sobre algum conflito com a policia,invasao de terra ou qualquer outro fato onde eles possam inverter o ocorrido e nos colocar como viloes da historia.Nunca existe a preocupacao de saber a origem desse caso,o porque de estarmos fazendo isso.Se aparece algo falando sobre retomada de terra na maioria das vezes distorcem tanto os fatos que acabamos taxados de invasores quando na verdade so estamos recuperando o que tomaram de nos.Quando conseguimos algo que sabemos ser muito importante para nos como e o caso do curso pre-vestibular aqui nos potiguara ou a Frente Parlamentar que foram coisas que alcancamos atraves de nossa articulacao e determinacao nao vale a pena eles comentarem porque nao da audiencia.Isso me deixa muito triste,mas e ai que cada vez mais eu vejo a importancia de nao esperarmos que falem sobre nos pois somos os verdadiros autores de nossa historia e devemos mostrar o melhor de nossos povos sempre,seja onde for.A rede indios online nos traz essa possibilidade,de sermos reporteres dentro de nossos povos e mostrar o que verdadeiramente acontece.
Gostaria de saber qual e o pensamento de voces sobre o assunto.
Grande Abraco a todos!!!!!
As fotos abaixo sao de nossa mais recente retomada(marco de 2007) onde hoje estamos comemorando a posse de uma cacica que depois iremos mandar uma materia pra voces.

Jaqueline Potiguara
linepotiguara@hotmail.com

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. é verdade parente ,nós a rede indiosonlane,nós possibilitar de muitas coisa.e os reporter e ném ligam de saber o que realmente está acontecendo com nós ném o por que do que fasemos.só pensam no que é bom para eles,porisso devemos mostra cada vez mais a realidade do que acontece,para o mudo.a sua matéria está muito boa.

  2. muito boa sua matéria.
    a sociedade não india tem uma outra visão de nós indios, hoje em dia qualquer coisa de ruim, eles generaliza todos, quando fazemos algo de bom para nós viramos vilões como vc falou, desse sociedade que ver nós como aventuras para eles, e precisamos mostrar para essa sociedade que não assim o que pesamos, como nos sentimos no meio de tudo isso.

    parabéns Jaque pela sua matéria…

  3. Muito justa a sua preocupação, parabéns. Mas devo ressaltar que não podemos esquecer do poder e interesses que estão por trás de todas as notícias, seja ela qual for. É fato que a sociedade não índia, não sabe o que acontece nas aldeias, e é fato também que a ideologia capitalista dominante não quer saber e nem deixar que o povo saiba das ditas “minorias”, seja dos índios, negros, mulheres, portadores-de-necessidades-especiais, crianças-abandonadas, trabalhadores-escravos, trabalhadores-sem-terra, famílias-sem-teto, enfim “essas coisas não rendem lucros”, é assim que muitos pensam, e o povo não índio fica alienado, por fora dos acontecimentos, só sabe daquilo que interessa aos capitalistas, até porque, os capitalistas querem manter o povo sob seu domínio. O fato da sociedade indígena estar mais distante de nós, fica muito mais difícil ainda sua realidade chegar até nós. Mas acredito que vocês estão no caminho certo, através desse portal podemos ter notícias verdadeiras de vocês, podemos sentir suas angústias e preocupações. Toda semana, eu acesso indiosonline, acho muito interessante, eu sempre gostei de buscar os outros lados das “coisas”, sempre tento olhar de um jeito mais crítico, mais profundo, para então ir formando minha opinião. Será que aqui na minha região existe algum portal como este? Eu gostaria muito de saber como as sociedades indígenas daqui estão organizadas, como elas se defendem. Se algém souber, por favor me deem retorno, obrigada.
    Parabéns a todos e nunca deixem de expressar seus pensamentos, como a Jaqueline escreveu: “…é sempre legal a gente falar o que pensa e sente.”
    Forte abraço, sua luta é a luta de todos.

  4. Ok minha parenta, relamente vc não escrveu uma materia, mas relatou o que vc sente e a importancia de um meio de comunicação que veio pra fortalecer os povos indigenas, foco contente por essa sua compreensão, e ssa importancia de sairmos das paginas policiais, e acabar com essa marginalisação de nossa cultura. Somos fortes sim, e nosso meio de comunicação a rede indios on-line, nos promove isso o direito de nos expresarmos nas diversas formas, e mostrarmos para o mundo que não somos apenas, bonecos folcloricos e samos tambem seres inteligentes e pensantes, que sabemos o que queremos, que é nada mais ou nada menos que nosso espaço devolta na sociedade.
    Dai vem tambem uma reflexão minha, é claro empougado com assum, então essa minha reflexão vem atraves de uma pergunta. Será se o nosso territorio que hoje é chamado de Brasil, nã foce envadido pelos colonizadores, hoje nós não estariamos desenvolvidos, com uma politica publica nossa? e nem acompanhando os avanços tecnilogicos da globalisação mundial?
    bom encima desse meu questionamento, eu acredito que nós povos indigenas sempre fomos capazes, de nos organizar socioe politicamente, e hoje ainda somos então vamos acabar com o comodismo e buscar ocupar o nosso espaço na sociedade, que é nosso por direito.

  5. Jaqueline:
    Isso que voce fez eu chamo de uma excelente MATERIA!

    Estou cansado de “materias” que o “jornalista” se esconde e fala como se fosse DEUS ou detentor da VERDADE UNICA.
    Cansei de “jornalistas” cobardes que nunca expresam um sentimento!
    Cansei dos que QUEREM INFORMAR mas não colaboram em estimular nosso PENSAR!

    Tua materia promove a relfexao critica e a AÇÂO!

    Bora escrever MATERIAS ASSIM..escrever com o coração e mudar essa DOMINACAO….

    Os “donos das midias” envenam o povo dando sanmgue e trajedia…. Ou se enchem o COFRE NA MENTIRA DE CRIANÇA ESPERANÇA….

    Viva os medios e a midia na voz do povo!
    Viva os espaços de particpação!!!!
    Escreva mais!!!!

  6. Olá Jaqueline que bom que voce pensa assim,fiquei encantado com sua matéria,gostaria muito de poder contribuir,com nossos parentes,há se eu podesse abrir a mente do povo e mostrar a todos a real necessidade,que estamos enfrentando.Olha nós indígenas estamos no meio de um fogo cruzado,onde os artistas principais,estão gozando as nossas custas e sorrindo de nossa cara.Felicidades e sucessos.

  7. Parente,este tipo de ostracismo se dar devido o nosso isolamento imposto pelo sistema. Às colocações da nossa visitante Luzimar são pertinentes, bastante concretas em relação ao que vivemos.
    A internet em nossas aldeias, é hoje, talvez, o único canal de comunicação verdadeira que possuímos, capaz de promover mudanças substânciais.
    A partir do momento, que às informações são levadas pelos próprios atores, e não pelos espectadores, deixa de ser distorcida, desqualificada.
    Estamos no caminho certo, contando nossa verdadeira história. Às mudanças ocorrem paulatinamente, por isso a necessidade de insistirmos sempre, jamais desistir de lutar!

  8. Gostei muito de sua matéria, pois vc está sendo muita realista em suas palavras, falando oque pensa,e oque sente e ñ se preocupou em falar palavras bonitas para mostrar a realidade de nóis povos indigenas.
    Parabéns!!!

  9. Gostaria de parabenizar a amiga e irmã Irembé,á Jaqueline,pela reportagem sobre este problema que direciona no momento nossas atenções,é isto aí,tem que falar mesmo,botar á boca no trombone,arrebentar,escrachar,mostrar que não somos palhaços,somos potyguaras…Irembé,com o coração e a razão,e o povo junto,unido nada os impedirá jamais…Como eu disse em outro comentário,é REVOLUÇÃO JOVEM POTYGUARA JÁ!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here