Comunidade Pataxó de Coroa Vermelha Interrompe a Br em forma de protesto

protesto Pataxo

 A comunidade pataxó de Coroa Vermelha interrompe o trafego de automoveis para manifestar contra abusos na comunidade. O fim da paciência da comunidade Pataxó de Coroa vermelha foi a morte do índio Manoel Reis, que foi atingido de frente por um carro quando estava deslocando-se de moto de Santa Cruz Cabralia a Porto seguro, no impacto a moto pegou fogo e o índio Manoel Reis perdeu um braço e uma perna.

 A esposa do Secretário de Agricultura de Porto Seguro estava dirigindo embriagada e foi pega em flagrânte por policias militar de Porto Seguro e foi liberada como se nada tivesse feito. A comunidade indigena que já estava indignada com a lentidão e negligência da justiça resolveu protestar.

 Neste ano 2009 aconteceram fatos que a comunidade chamam de tragédia, que não sairam da cabeça dos indigenas; crianças estupradas por ex-candidato a vereador de Porto Seguro, indio morto na porta da delegacia de Cabralia, atropelamento de criança indigena na BR e tantos outros pequenos fatos que levaram a comunidade a protestar.

 Veja a negociação das lideranças indigenas com as lideranças locais para liberação da BR no video Protesto Pataxó.

Imagem de Amostra do You Tube
Comentários via Facebook

2 COMENTÁRIOS

  1. POXA MEU VELHO IRMÃO, AGENTE FICA TRISTE QUANDO COISAS ACONTECENDO COM O NOSSO POVO E NADA TEM SIDO FEITO A FAVOR DESTA NAÇÃO, O PROTESTO É O MÍNIMO QUE NOS POVOS INDÍGENAS FAZEMOS, POIS PRECISAMOS DE RESPEITO, IGUALDADE, LIBERDADE DE SE EXPRESSAR, POIS NÓS FOMOS OS PRIMEIROS ABITANTES DESTE TERRITÓRIO, E POR QUE NÃO NOS RESPEITAR COMO CIDADÃOS BRASILEIROS, NATIVOS DESTE BRASIL. NÓS NÃO PRECISAMOS TA EMPLORANDO PELA IGUALDADE SOCIAL, POIS TEMOS NOSSA AUTONOMIA, DE EXIGIR OS NOSSOS DIREITOS, BUSCANDO A UNIÃO DE UMA CULTURARA MILENAR QUE AINDA REINA NA SOCIEDADE BRASILEIRA. VAMOS BUSCAR ESSES DIREITOS QUE NOS PERTENCE, NÃO SÓ COM UM SIMPLES PROTESTO, MAS TAMBEM ENSINANDO-OS A NOS REIPEITAREM.

  2. Acho que vocês estão corretíssimos. Foram sim os primeiros e têm todo o direito de reivindicá-los, pois diferente dos brancos vocês preservam, enquanto que os brancos exploram. Lutem! Ninguém melhor que vocês para mostrar o quanto é essencial para esse território, que são vocês os reais donos, ou seja, são vocês os posseiros e não “eles”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here