Em 1910 Marechal Rondon, criou o SPI – Sistema de Proteção ao Índio, e já naquela época, eles tinham um pensamento, que os povos indígenas adquirindo novos conhecimentos, deixariam de ser índios. Assim deixariam de existir no Brasil, e por isso um dos objetivos do SPI, era impedir que os indígenas tivessem uma linguagem intercultural. Mas os tempos foram se passando, e alguns índios teimosos, saíram de seus territórios tradicionais, e foram à busca de novos horizontes, novas formas de sobrevivências, e conseqüentemente, novos conhecimentos. E para o espanto de todos, mesmo eles presenciando outras realidades, diferente das vividas em suas aldeia, não deixaram de ser indígenas. Mostrando assim que a teoria de Rondon, e de outras estavam erradas, mas o pensamento que os povos indígenas, são incapazes de responder, de agir e de pensar, não se apagou, mesmo nós mostrando o contrario disso.
Bom o problema maior de tudo isso, foi que toda a sociedade não indígena, criou essa imagem mitológica, encima dos povos indígenas, até porque os próprios livros de didáticos, falam sempre de nós nos referindo no passado, e não nos dias de hoje. E por isso, que a sociedade não indígena, imagina que os povos indígenas de hoje, ainda andam nus, vivem pintados, moram em ocas e só comem caça e pesca. E esquecem que somos seres humanos, inteligentes e pensantes, assim como qualquer outra pessoa, e que também temos a capacidade de nos organizar, sempre buscando melhoria na qualidade de nossas vidas.
Por isso nós indígenas, absorvemos novos conhecimentos, novas habilidades e novas tecnologias, sempre nos preocupando em não deixar de ser quem somos, povos com cultura própria, diferenciada e especifica, pois temos a consciência que esse fator, que nos diferencia dos não indígenas. E hoje existem vários índios atuando, em diversas áreas de trabalhos e de conhecimentos, dentro e fora de suas aldeias.
Tem índios Doutor e Lingüística, Advogado, Médico, Dentista, Professor, Pedagogo, Agrônomo e por ai vai, até porque a autonomia é um objetivo dos povos indígenas de hoje. Até porque vivemos em um mundo globalizado, onde não podemos ter o privilegio de pararmos no tempo, e sermos sempre objetos históricos, e por isso também buscamos, os conhecimentos em novas tecnologias. Criando assim redes de comunicação, através da internet, INDIOS ON-LINE é um exemplo disso, que nos possibilita expor nossas opiniões, nossas historias, nossos avanços e dificuldades. Até porque a rede sempre existiu só que não era digital, e antes da digitalização, nós indígenas se encontrávamos sim, só que com mais dificuldades, mas mesmo assim nos articulávamos. Só que o mundo avançou, e a era digital chegou, e nos ta ajudando para nos articular, e nos organizar, de uma forma mais rápida e pratica.
E através de tudo isso, assim como a sociedade não indígena, esta evoluindo com seus conhecimentos, nós indígenas também, mas ainda e sempre, teremos uma cultura diferenciada e especifica, pois temos o objetivo de absorver novos conhecimentos, mas de também preservar os nossos.

Alexandre Pankararu
www.indiosonline.org.br
alex@indiosonline,org.br

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here