Foto: Ararawã Baenã





A comissão organizadora esteve na comunidade Pataxó, na aldeia Barra Velha, no Extremo Sul da Bahia acompanhado do Cacique Romildo, no dia 29 de maio 2015, no período da tarde com objetivo de reunir-se com os professores indígenas e também com algumas lideranças da localidade

Na reunião Luiz Titiah, apresentou o objetivo da I CONFERÊNCIA NACIONAL DE POLITICAS INDIGENISTA, sanara algumas dúvidas das lideranças e professores e aproveitou para pediu apoio na organização e execução da etapa local na aldeia Barra Velha, todos entenderam a importância da conferência e se comprometeram a colaborar. Luiz, apresentou ainda o objetivo do encontro, deixando bem claro, que a pauta que foi criada é dinâmica e as lideranças podem estar apresentando tudo que se refere a politica indigenista. A etapa local pretende reunir 60 lideranças, onde durante 3 dias vão dialogar e propor mudanças para ser levado para a conferência nacional. O encontro em Barra Velha está agendado para os dias 05 a 07 de junho. Foi também apresentado o orçamento que tem para as etapas locais, a diretora do colégio, ficou de fazer a lista de cardápio para compra e preparação pela CR-FUNAI- Eunápolis. O líder Adalto Pataxó, falou da importância dessa conferência já que a comunidade que passa por muitas dificuldades e desafios  quer fazer uma avaliação da SESAI, FUNAI, Governos Municipal, Estadual e Federal, para ver meios melhoria da saúde na aldeia, além de, propor resoluções para as cotas das universidades para indígenas da aldeia; as declarações de reconhecimento étnico que são dadas para estudantes que não moram na comunidade, entre outros propor mais que precisamos levar ao conhecimento das autoridades, aproveitar e fazer um documento onde todos assinaremos e que fique o compromisso dos órgãos em acatar as nossas decisões.

Foto: Ararawã Baenã Os professores indígenas falaram que esse momento será fundamental para avaliarmos e propormos melhorias para a educação, que também passa por crises.

A visita à comunidade foi importante, o dialogo, a disposição da comunidade em querer ajudar.  O local do encontro será no Colégio Estadual da Aldeia.
Em seguida, visitamos a casa do cacique e alguns parentes, aproveitando e avisando do que acontecerá na aldeia. Cada visita uma nova experiência, assim como todas as aldeias têm as suas dificuldades sociais, essa Etapa Local da Conferencia vem com a possibilidade de construir proposta para que as comunidades indígenas tenham acesso a uma politica de atenção social.

 

 

Foto: Ararawã Baenã Foto: Ararawã Baenã

Foto: Ararawã Baenã

 

 

 

 

 

 

 

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
A muito tempo lutando em prol do Povo indígena do qual faço parte, até ameaças de morte já recebi. Mas não me calo! pois os espíritos de meus antepassados está comigo. E a proteção de Tupã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here