Cansados de esperá da Supremo Tribunal Federal, pelo o julgamento de nossas terras, que traminta  a mais de 28 anos. Os índios Pataxó Hãhãhãe, resolvero na madrugada desta segunta feira, dia 04 de outubro retomar 5 fazendas no sentido da rodovia de Pau Brasil a Itaju do Colonia.


Essa retomada foi passifica, muitos dos indios que ocupam as fazendas declararam ser uma retomada iniciada pela a  comunidade indígena.


Essa retomada foi realizada pela a  comunidade que logo após mobilizou outros parentes indigenas, onde hoje tem aproxximadamente uns 600 indios ocupando as 5 fazendas. Logo de inicio os indios prendero na propridade um camião cheio de madeira de lei, que estava sendo tirada de nossas terras, após a cominidade fazer apreenção foi comunicado emediatamente oo IBAMA de Ilhéus-Ba, aonde ontem vinheiro notificar as nossa denuncias e foi comprovado exploração de madeira inlegal extraida dentro da terra que pertecem aos indios, que ainda se encontra em posse dos fazendeiros. Os agente do IBAMA, também visitou a Fazenda Santa Maria, aonde foram encontrados vários troncos de serno de madeiras de leis, que estão ficando extintas na mata atlantica, também foram encontrados vários passaros engaiolados, aondes os indigenas receberam a outorização para libertar os animais e quebrar as gaiolas. Os passaros sairam muito felizes.

A area aonde os indigenas Pataxó Hãhãhãe retomou, são propriedade que os fazendeiros destruiram bastante para formar pastaria, hoje é uma região seca e bastante destruida a natureza. Essa terra pertence a nós índios e acomunidade promete que não vai abrir mão dela ja que fazem 28 anos que estamos aguardando por esse julgamento. durante esse periodo várias lideranças foram assacinadas por pistoleiros de fazendeiros. Em reflexão ontem a comunidade foi lembrado o nome dos indios mortos, principalmenteo parente nosso Galdino de Jesus, que foi queimado em Brasilia.

“Estamos cansados de esperá pela a justiça, essa região é perigosa, os dias que estamos aqui sofremos ameaças constante, os pistoleiro vem aqui dá tiro, a noite é mais perigosa ainda, mais nós temos muita fé na quele pai do céu é quem vai nos protejer” Ancião inrmã de Gualdino.

As fazendas recente retomadas serve apenas para criar o gado do fazendeiro, aonde nós indigenas estamos á muitos anos sofrendo em parte de nossa terra, a Justiçã sabe que essa terra nos pertence, mais tem feito vista grossa. O que nós Pataxó Hãhãhãe não queremos é ver mais um de nosso parentes ser morto por pistolagem, declaram as lideranças.

O povo Pataxó Hãhãhãe é uma comunidade guerreira e está disposto fazer possivel para resistir na terra. A estra já foi colocado barreira para impedir que carro de nossos inimigos trafegue nas estradas.

Estamos felizes por está retomando a nossa Terra, meio as grandes dificuldade es desafios que as outoridades responsaveis nos coloca.

Comunidade Pataxó Hãhãhãe.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
A muito tempo lutando em prol do Povo indígena do qual faço parte, até ameaças de morte já recebi. Mas não me calo! pois os espíritos de meus antepassados está comigo. E a proteção de Tupã.

9 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pela matéria Fábio!!!

    É isso ai Parentes!! Temos que fazer R E T O M A D A S mesmo!!!

    Dizem que somos invasores de Terras… esquecem que já estávamos aqui quando o Brasil foi invadido!! O Estado Brasileiro nega nos ouvir e somos obrigados a fazer por nossa própria conta a Retomada de nossos Territórios Tradicionais!

  2. É ISSO MEUS IRMÃOS, TEMOS QUE FAZER POR NOSSA CONTA E RISCO..SE FORMOS ESPERAR PELA JUSTIÇA, NÃO VÃO SOLUCIONAR NUNCA O NOSSO PROBLEMA. QUE A MUITOS ANOS TRAMITAS NO “SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL” SÓ SEI DIZER QUE DESDE QUE MIM ENTENDO POR GENTE QUE EU VEJO ESSA CONVERSA BONITA DOS QUE SE DIZEM AUTORIDADES RESPONSÁVEL PELO O NOSSO CASO, QUE VAI JULGAR NOSSA PROBLEMA ISSO JÁ FAZ 28 ANOS. E PERANTE ESSE TEMPO JÁ TOMBARAM VÁRIOS COMPANHEIROS ASSASSINADOS A MANDO DE FAZENDEIROS, JÁ HOUVE BARBARIDADES POR PARTE DA POLICIA MILITAR E PISTOLEIROS, MUITO ESPANCAMENTO E TORTURAS, ESTOU COM 40 ANOS E JÁ VI COISA ABSURDA QUE MIM CRIOU UM TRAUMA DE VER TANTAS DESGRAÇAS ACONTECENDO COM O MEU POVO E NÃO PODER FAZER NADA. JÁ FIQUEI 03 DIAS JUNTOS COM OUTROS PARENTES CERCADOS DE PISTOLEIROS DENTRO DA SEDE DO POSTO DA FUNAI DE CARAMURÚ, ELES ATIRANDO COM ARMA DE GROSSO CALIBRE CONSTANTEMENTE E JOGANDO COQUITEL-MOLOTOFE, QUE ERAM APAGADOS POR CHUVAS QUE CAIAM NA HORA GRAÇAS AS ORAÇÕES DA MINHA MÃE, ONDE FORAM CRUELMENTE ASSASSINADOS “CARRAPICHO E JACINTO” QUE TAMBÉM FORAM BALEADOS “MARINALVA, CRISTIANO E SILVESTRE” É UMA LONGA HISTÓRIA QUE ATÉ HOJE FIQUEI COM SEQÜELA DE VER E OUVIR MEUS COMPANHEIRO SEREM ASSASSINADOS E NÃO PODER FAZER NADA.. É LAMENTÁVEL VER UMA MÃE IR PEDIR AOS BANDIDOS QUE NÃO MATE SEU FILHO, E SER APONTADA UMA ARMA NA CABEÇA E SER OBRIGADA A SE RETIRAR FOI O QUE ACONTECEU COM MINHA MÃE “MAURA TITIÁ” ENQUANTO ISSO A D. “JUSTINA” JÁ DESESPERADAS COITADA!!! DE VER SEU FILHO MORTO TODO PERFURADO DE BALAS E NÃO TER O DIREITO DE CHEGAR PERTO, ONDE “MARINALVA” ERA SOCORRIDA PARA O HOSPITAL JÁ QUE NÃO TINHA MAIS ESPERANÇA DE VER SEU MARIDO VIVO QUE ERA O “CARRAPICHO” ELA FOI ATINGIDA POR TENTAR DEFENDER O MESMO DOS BANDIDOS COM SUA FILHA MENOR NOS BRAÇOS FOI ALVEJADO ASSIM MESMO… ESSA UMA DAS HISTÓRIAS QUE JÁ PRESENCIE JUNTOS COM MEUS PARENTES, MUITOS JÁ SE FORAM E NÓS QUE ESTAMOS VIVOS VAMOS DAR CONTINUIDADE A LUTA, NÓS NÃO ESTAMOS ROUBANDO NADA DE NINGUÉM, ESTAMOS RETOMANDO O QUE ROUBARAM DE NÓS…
    E SÓ QUERO LEMBRAR PARA SOCIEDADE BRASILEIRA, QUE SOMOS DONO DO TERRITÓRIO, E NÓS NÃO ESTAMOS QUERENDO DEMARCAÇÃO, A NOSSAS TERRAS JÁ FORAM DEMARCADAS PELO O EXERCITO BRASILEIRO DESDE 1936, A AÇÃO QUE TEMOS NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL É PELA A NULIDADE DE TÍTULOS, QUE FORAM CEDIDO PELO GOVERNO “ROBERTO SANTOS” E O ESTADO BRASILEIRO NÃO QUEREM RECONHECER O ERRO E FICA FAZENDO VISTA GROSSA NO NOSSO CASO, TODA A NOSSAS VIDAS VIVEMOS NA NOSSA TERRAS MESMO SENDO INVADIDAS MAIS NUNCA ABANDONAMOS TEMOS AS ALDEIAS BAHETÁ E PANELÃO QUE TODOS ESSES TEMPOS FORAM O SÍMBOLO DE RESISTÊNCIA DO POVO PATAXÓ HÃ-HÃ-HÃE, ONDE VIVEU TODOS OS ÍNDIOS, ALGUNS AINDA PRIMITIVOS, COMO É O CASO DOS MEUS VÓS “TITIÁ E ROSALINA” E OUTROS.
    SÓ QUERO FINALIZAR DIZENDO QUE ESTÁ NA HORA DAS AUTORIDADES QUE SI DIZ COMPETENTES DAR UM BASTA NESSA POUCA VERGONHA, ESTAMOS NO PAIS DEMOCRÁTICO, E QUEREMOS PAZ, CHEGA DE GUERRA CHEGA DE DERRAMAMENTO DE SANGUE, CADÊ AS AUTORIDADES PARA COLOCAR ESSES CRIMINOSOS NA CADEIA, DESMATAMENTO É CRIME ANIMAIS EM CATIVEIRO É CRIME, SERÁ QUE É PRECISO NÓS ÍNDIOS ESTÁ FAZENDO O PAPEL DOS PROFISSIONAIS QUE GANHA SEU AUTO SALÁRIO PARA NÃO ATUAR NA SUA ÁREA DE TRABALHO.
    É ONDE EU FALO QUE PAIS É ESSE?? QUE PAIS É ESSE??? É O PAIS DE MEIA DÚZIA…
    EU FICO POR AQUI COM A MINHA OPINIÃO, QUERO PARABENIZAR O “FABIO TITIÁ” TER O COMPROMISSO DE COLOCAR NOS “INDIOSONLINE” NOTICIAS QUE É DE GRANDE IMPORTÂNCIA PARA OS MOVIMENTOS INDÍGENAS E ESPERAR DAS AUTORIDADES QUE SE MANIFESTAM E DEFINA LOGO ESTE MISTÉRIO, QUE TENHA CONSCIÊNCIA E FAÇA COM DIGNIDADE EM RAZÃO DA VERDADE, E QUEREMOS LEMBRAR QUE TEMOS CRIANÇAS, MULHERES E ANCIÕES.

    E QUERO APROVEITAR A OPORTUNIDADE E AGRADECER OS PARCEIROS QUE ABRAÇA ESSA LUTA CONOSCO: CIMI,INDIOSONLINE, THYDEWÁ, Drª. MARIA HILDA PARAÍSO, ANAI, FUNAI E OUTROS.

    QUERO DEIXAR O MEU ABRAÇO AOS MEUS PARENTES ÍNDIOS E NÃO INDIOS

  3. A luta só tem movimento, se alguém movimentar ela… Nós indígena temos o direito pelas nossas terras vamos conquistar ela com força e união.

    Yonana

  4. Muito legal a cobertura da informação…. As fotos os dados!!!
    Parabens etnojornalista Fabio!!!

    Que vergonha esperar 28 anos nas custas do povo…
    5 fazendas podem dar de comer a muitos indigenas que estão em péssima situção de sustentabilidade nessa região… Mas com a demora da Justiça essas terras só engorda o gado de quem já tem o bolso gordo… A demora vem se pagando com a fome, a desnutrição e a falta de direitos de quem deveria ser respeitado e valorizado: nos primeiros habitantes!

    Que o pedido de “reintegração de posse” seja fraco perante a pedido de “manutenção” e que toda essa área seja logo DESINTRUSADA para que os Pataxo Hahahae saiam dessa situção de miserabilidade, desse clima tenso e violento… E para que nesses pastos acabe logo a usura e volte a nascer maderas de lei, maderas que trazem as caças, a biodiversidade e a rica sociodiversidade de direito: Que as terras dos Pataxo Hahahae venham dar colom amoroso a essa união colorida e pacifica de Kamacã, Baenã, Tupinambá, Kariri-Sapuya…

  5. Parabenizo aos idealizadores deste movimento, admiro-os, pois é necessário coragem.
    Aos índios, meus cumprimentos

  6. com este movimento de retomado a justiça vai percebe que luta povo pataxó hã hã hãe não morre que nós estamo junto nessa luta .
    estamos cansado de fica esperado julgamento dessa terra quando fazendeiro esta acabado com nossa mata.

  7. […] 04 de octubre 2010: Pataxós-Hã-Hã-Hães de la región sur de Bahía recobran tierras ancestrales: “Cansados de esperar el juicio de la Corte Suprema de nuestra tierra, que está en proceso por más de 28 años, nosotros, los indios Pataxó Hãhãhãe, decidimos en la madrugada del 4 de octubre recobrar cinco estancias en el sur de Bahía. Este recobro se llevó a cabo por unos 600 indios. En las estancias, los indios aprehenderon un camión cargado de madera talada ilegalmente de estas tierras que nos pertenecen, pero que todavía están en nombre de los estancieros. También encontramos varias especies de pájaros enjaulados. Liberamos a los animales y rompimos las jaulas. Las aves salieron muy contentas. El área ocupada por los agricultores se utiliza para el ganado, hoy es una región seca y la naturaleza está destruida. Durante este período, en 28 años, mientras hemos esperado por el juicio, muchos líderes han sido muertos, como Galdino Jesús, que murió quemado en Brasilia. Lo que no queremos es otro de nuestros familiares asesinados por hombres armados. La comunidad Pataxó Hãhãhãe es guerrera y está dispuesta a hacer el posible para permanecer en la tierra. Estamos muy contentos de recobrar nuestra tierra, aunque en medio de grandes dificultades y retos que las autoridades nos ponen. ” Por Comunidad Pataxó Hãhãhãe. […]

  8. se nois indios, pataxo hahahae preservarmos nossa terra, e fazer com que ela cresca de maneira voltada para nos, a retomada não era uma arma para sair de uma situação de penúria. Mesmo sabendo que a terra é nosssa, poderiamos viver normalmente, Sem morte e sem briga. Esperando muitos anos por um pedaço de terra que já temos em nossas mãos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here