A comunidade Indígena da Aldeia Bahetá comemorou o dia 19 de abril em grande estilo, com jogos e dança típica  cultural o Tohé, crianças, jovens e adultos manifestaram sua alegria cantando e dançando em ritmo de passos sincronizados e com a entoação de vozes e maracás firmes mostraram a relevância do Dia do Índio para a História e preservação dos costumes tradicionais. Alguns tohé tinham na letra a memória viva da índia Bahetá, ultima indígena que venho do mato e que sobreviveu até a década de 90 deixando como herança cultural para seus remanescentes várias palavras na língua do Tronco Macro – Gê.

???????????????????????????????

O cacique Akanawan Baênã Hã hã hãe Txitxiáh, conhecido também por Regi Cacique enfatizou: ”o Dia do índio tem que ser comemorado com grande alegria, pois esse dia é nosso e temos que lutar para ele entrar no calendário nacional”. Akanawan também relatou que esteve em Brasília do dia 13 ao dia 16 juntamente com outras lideranças e grupo de jovens estudantes onde foram fazer pressão junto a Câmara dos Deputados  contra a PEC 215 que além de danoso aos interesses dos indígenas do Brasil também é inconstitucional.

??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ??????????????????????????????? ???????????????????????????????

 

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here