Se o Pankararu não mantiver, sua própria cultura, não vai ser considerado Pankararu. Saber plantar, caçar para se alimentar, não como os não indios, que mata só por esporte, por diversão.
Antes nos vivíamos assim, plantando, caçando, antes os rios não eram poluídos. Antes não tinham posseiros, para tirar as arvores de nossas matas.
As mentes também, não estavam muito poluídas, gente matando e roubando. O Pankararu respeita, desde o menor ser ate maior. Não tem preconceito com, a cor e nem com a raça, de ninguém, sabemos que somos todos iguais, perante o nosso pai Santsé.
Nós valorizar nossa cultura, e também aprendemos as dos outros povos. De alguma forma, não só os Pankararu, têm que respeitar a cultura indígena. E sim toda a sociedade, que nos envolve, pois nós Pankararu, queremos respeito, porque nós temos, muita historia bonita, e porque nós também, somos elementos, da grande Mãe da humanidade, que é a Natureza.
O Pankararu que se valorizar, entrega-se de corpo e alma, ao seu conhecimento, cultura e tradições, pois nós somos, um povo de cultura própria, especifica e muito forte, desde nossos tores, nossas brincadeiras e nossas danças.

Vagno Barros

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. nDevemos respeitar todosos ìndios .Porque eles foram os primeiros habitantes do Brasil e tambemele ajudaram aemche o Brasil

  2. olá, sou decendente indigena, embora não saiba a origem sou admiradora, e gosto de ler e ver vídeos de todas as tribos, brasileiras e internacionais, eu gostaria de saber sobre um nome indígena, que não tenho muita certeza, mais acho que é peruano de origem inca, o nome é “pakaraka”, e tambem gostaria de algum endereço da tribo pankararu aqui em são paulo.
    Devemos respeitar todos os índios, pois deles herdamos a nossa cultura, e raça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here