A índia Pankararu Maria de Araújo da Silva, mais conhecida na comunidade como Maria Araújo, é mais uma das índias de grande sabedoria de nosso Povo. Ela conta para nós como eram nossas brincadeiras do passado. Dna. Maria de Araújo diz que antigamente os índios Pankararu, se reunião para dançavam toré nos terreiros, bicavam de roda e dançava o samba do coco até o sono chegar.
E quando chegavam as festas de mês junho do nosso padroeiro Santo Antônio, os indios Pankararu dançavam ao som dos zabumbeiros até amanhecer. Dona Maria conta com muito orgulho, que aquele tempo era maravilhoso, pois não existia maldade e nem malicia, por parte índios Pankararu, tínhamos uma união maravilhosa, pois só bastava balançar o maracá que o povo se reunia para dançar o toré.

Fala com muita preocupação, a diminuição dessas atividades, nos dias de hoje, ela acha que os jovens Pankararu estão dando muita importância as coisas que passam na TV, mais confiante ela diz também que nossa cultura é forte, e não há programas sensacionalistas que passa na televisão que vai acabar com nossas tradições, confia muito no futuro dos Pankararu, que são os jovens que hoje estão se articulando e criaram o Movimento Jovem Pankararu, e o trabalho dos professores juntos com os alunos, que faz jus o direito, a escola diferenciadas
e põem em pratica essas brincadeiras dentro e fora de sala de aula. E com a força de nosso pai Santsé, e de todos os encantados de luz, o futuro de nosso povo estará garantido, por muitas gerações.

JOÃO PAULO DOS SANTOS

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here