Nos dias 09 a 11 de dezembro de 2005, os jovens on line Pankararu, Jailton Miguel, João Paulo, Raulive Lobo, Solange Monteiro, Soraia Maria, Edivaneide Maria, Vagno Barros e os coordenadores on line Pankararu Alexandre “Xandão” e Maria Aparecida participaram do 33º Festival de Cultura de São Cristóvão – SE. Os jovens on line foram para divulgar e discutir sobre a importância do projeto ÍNDIOS OON-LINE. Os jovens João Paulo, Vagno e o coordenador Alexandre deram uma oficina de pintura corporal, onde falaram sobre a importância e os significados da pintura corporal Pankararu. As jovens Soraia, Solange e a coordenadora Maria Aparecida, mostraram como fazemos artesanato com palhas de oricuri. Alem dos jovens darem oficinas também participaram de outras, como oficinas de fotografia, áudio visual e de contador de histórias.
Alem de tudo isso os jovens tiveram o privilégio de conversar com Célio Turino, que estava representando o Ministério da Cultura, e o principal foco da conversa foi à conexão da internete no Ponto de Cultura Indígena. Célio Turino se comprometeu a conectar até o final de 2005, os sete povos indígenas que estão ligados a o Ponto de Cultura INDIOS ON LINE. Os jovens Pankararu também fizeram uma apresentação, mostrando a força do Tóre Pankararu, e graças ao nosso pai Santsé e nossa força encantada, temos a certeza que essa ida dos jovens a o 33º Festival de Cultura de São Cristóvão foi mais uma vitória do movimento indígena do Brasil, pois tivemos a oportunidade, de mostrar que nós indígenas não somos apenas bonecos folclóricos, e que somos seres humanos e que vivemos em um mundo globalizado, e podemos muito bem estar ligados a internet, sem perder a nossa cultura. Os jovens voltaram com ótimas perceptivas para o futuro dos povos indígenas ON LINE.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Participo sempre que posso do chat, acho muito bom, mesmo que para obsrvar, pois me interesso muito pela cultura indígena.
    Pois pesquizando na internet, verifiquei que em breve será instalado mais 220 telecentros com esse, que poderá intergrar diversas aldeias de culturas difirentes
    do país para discutir seus problemas.

    Já passei essa informação a Juliani.

    Um abraço a todos.
    Jair

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here