Graças a Tupã, após dois meses de viagem, Atiá, Fernando Pankararu, já esta de volta em sua nação.
Desde que chegou fez varias reuniões para relatar a comunidade os acontecimentos durante sua estadia pela França e a Suíça.
Tanto as lideranças como os jovens ficaram entusiasmados de continuar a luta, sabendo que agora existem novos aliados internacionais.
Atiá, através destas fotos, e proximamente também com um TOANTE, esta partilhando com seus amigos a felicidade de estar de volta na sua comunidade. Estas fotos foram registradas na terça feira 15, no terreiro do Poente, num importante ritual de agradecimento que ele ofereceu.

Sinalamos também que no dia sábado 12, existiu uma importante reunião sobre os participantes do Ponto de Cultura Viva Pankararu.
Estavam presentes: Jailton Miguel da Silva (21 anos), Raulive Lobo dos Santos (20 anos), Vagno Barros de Souza (24), Soraia Maria de Jesus (17), Edivaneide Maria dos Santos (19),
Solange Monteiro dos Santos (22), João Paulo dos Santos Silva (21), que são os jovens “BOLSISTAS PANKARARU” e os facilitadores/responsáveis: Alexandre e Fernando, o Cacique Zé Alto e o coordenador do projeto Sebastián Gerlic. Após de duas horas de conversas sobre o projeto, se chegou a importantes conclusões: O PROJETO É BOM PARA FORTALECER NOSSA CULTURA E PARA DENUNCIAR NOSSOS PROBLEMAS.
Discutiu-se muito o regimento interno, todos se comprometeram a sua participação desinteressada, a realizar seus máximos esforços em forma gratuita e que se por boa graça de Tupã chegar às bolsas, os jovens estipularam cada um doar 20 reais para um poço comum do projeto para que os Pankararu tenham mais autonomia de ação. Se quebrar o computador existirá um recurso guardado para resolver esse problema. Se não quebrar haverá recurso para outros gastos necessários que os mesmos indios entender.

CONTRATO PANKARARU.
Cada um dos sete indios jovens se comprometeu a escrever uma matéria por semana. E cada um dos adultos, Alexandre e Fernando, se comprometeram a direcionar cada um uma matéria coletiva por mês, fruto do trabalho de toda a equipe. Pankararu produzirá então um mínimo de 30 matérias mês. Este contrato entra em vigor no dia 15 de novembro.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Por que a cultura uma cultura bonita como essa, indiena, não e divulgada no nosso proprio municipio, moro em jatobá, e pouco coheço essa linda cultura.

  2. é muito bom termos nossa cultura preservada.A identidade dos indios é uma forma de mostra nossas raizes brasieira.

  3. Conheci no último dia 09/12 integrantes da tribo Pankararu no 34ºFestival de Arte de São Cristovão em Sergipe. A beleza e simpatia desse povo é de impressionar.

  4. O QUE EU TENHO Á DIZER MEUS PARENTES É QUE VOCÊS CONTINUI FAZENDO ESTE MARAVILHOSO TRABALHO COM ESSA UNIÃO SEM IGUAL E COM A ALEGRIA QUE TODOS OS PANKARARU EXALA.

    SUYANE XUKURU-KARIRI

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here