Dona Zinha tem 62 anos é uma anciã guerreira que luta em defesa da nossa terra, da nossa nação. Quando foi expulsa da sua aldeia Caramuru Paraguaçu a mandando dos grileiros, veio morar na cidade de Itajaí no município de Canan.

Como muita resistência voltou no ano de 1982 para a sua terra, passando algumas dificuldades: a falta de água, a assistência medica. Pois a saúde naquela época era tão precária que não tinha assistência da Funai, também não tinha transporte para locomover os índios até o hospital.

Devido o apuro nós estávamos passando reunimos um grupo mulheres e começamos a fazer remédios medicinais para curar as doenças que estava atingindo a nossa nação. Também contamos com o auxilio de Tânia e Conceição que era membro do Cimi (Conselho Indigenista Missionária) de Salvador BA, a organizar o encontro de mulheres, porém não deram continuidade ao trabalho, depois veio Alda que faz parte do CIMI de Itabuna que deu continuidade ao encontro até hoje.

Hoje graça a Tupã me sento muito feliz no meio do meu povo porque salvamos a vida da nossa comunidade, pois estamos sempre dando importância as nossas ervas medicinais e tentando fortalecer a nossa cultura através das plantas porque o remédio do índio são as ervas da mãe natureza que dão as arvore com casca de pau, sementes das nossas frutas, algumas folhas de nossas plantas pra remédio que cura.

Apesar de alguns remédios medicinais surtir muito efeito na nossa comunidade, às vezes depende de alguns antibióticos do medico para o tratamento de algumas doenças incurável, pois é preciso que tenham um tratamento medico mesmo tendo a necessidade do médico não podemos nos esquecer da medicina natural, pois sempre estamos cultivando a nossa cultura.

Nós sempre estamos tentando curar com os poucos de remédio que temos em nossa aldeia, porém o que nos preocupa porque não encontramos algumas plantas devido à devastação das nossas matas feita pelos grileiros que acabou com algumas riquezas da nossa mãe natureza e com tudo isso a dificuldade da comunidade é maior para cuidar mais do nosso povo.

Esta entrevista partiu de Yonana Pataxó com anciã Dona Zinha Pataxó Hãhãhãe

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

20 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom saber que existem tantas pessoas sensiveis e preocupadas com a preservacao da verdadeira medicina! Zinha continue plantando e transmitindo esse saber! Yonana continue suas materias!

  2. OláYonana,
    vou considerar essa sua matéria como parte do Curso Arco Digital, resposta na oficina de saúde tradicional, certo? Ela está muito boa. Eu estava pensando aqui se não seria possível vcs fazerem uma horta medicinal, trazendo de volta as mudas nativas que se acabaram, o que vcs acham de escrever um projeto assim? Dona Zinha vai dizendo quais são as ervas e a gente verifica como conseguir as mudas….

  3. Olá yonana achei muito legal a sua matéria,pra nós indios é muito inportante as ervas medicinais,aqui na minha aldeia hoje não há muita erva medicinais,isso por conta de que a maioria das coisas que faz parte da nossa cultura está em extinção,aqui anossa aldeia está sendo engolidam pela cidade,pois ela está a dois kilometros da cidade,mas estamos lutando para que isso não aconteça,pois a nossa cultura não pode acabar,pois sem ela não somos nada.
    Hoje e raro você ver ervas medicinais,as pessoas de hoje não usa mais,quem usa mesmo só os mais velhos,a maioria quando está doente vai ao médico nem dão mais importancia aos remédios caseiros.Isso não é bom,por que nós praticamente usamos muito as coisas do branco,se alguém perguntar para as mães de hoje,qual é o remédio caseiro que elas usaria,caso o remédio dos médicos brancos não solucionace os seus problemas,acho que elas nem saberia qual seria,isso é uma falta de enteresse.

  4. É importante lembrar que conhecimento é poder na luta contra as doenças e precisamos cuidar do nosso povo indígena que, por falta de opção ou não, preserva essa cultura.
    Fica confuso quando se diz que as ervas nem sempre correspondem as expectativas de cura porque o objetivo do uso das ervas medicinais é antes de tudo ajudar as pessoas sadias a preservarem sua saúde, em segundo lugar elas vêm em auxílio aos doentes que neste caso a presença de um médico é quase inevitável.
    Anauê.

  5. queria saber qual a erva que as indias toma quando que engravida eu quero engravida mais nao comsigo

  6. Botellas de hierbas medicinales con vino, para sanar muchos tipos de enfermedades, hechas con el conocimiento especial del india Amanary venezolana

  7. ola tudo bem gosta que podese me ajudar pois ja me casei pela segunda vez isso ja fai 7 anos que tento engravidar e nao consigo vc tem alguma erva que possa me ajudar a engravidar espero a resposta e obrigado pela atençao

  8. Oiii eu achei a sua materia muito interessante pois estou fazendo um trabalho do colegio,sobre o indio e sua relação com a quimica… e tenho uma opinião? eu acho que você deveria publicar uma materia falando como : os indigenas fazião seus remedios, como eles pintavam seus pigmentos; suas roupas, e varias outras coisas que eles fazim e até hoje fazem, eu acho que seria uma materia muito imteressante para nois estudantes e tambem para outras pessoas !!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here