As grandes empresas que mais destruí o planeta,passam por vítimas e ainda tem pessoas que lutam por elas, pois sabemos que, com os desmatamentos nossa camada de ozônio vai pro “saco” e a vida da população também.
Agora esses latifundiários capitalistas não querem enxergar esse fato, onde os mesmo são culpados e agora querem ser inocentes.
Podemos observar nesses Out-door que eles manipularão para denegrir a imagem dos povos indígenas.
Esses caras precisão ver que a fragilidade da papeleira Aracruz, às voltas com um prejuízo bilionário provocado por operações malsucedidas com derivativos cambiais, despertou a cobiça dos concorrentes estrangeiros. A Stora Enso, maior produtora de papel do mundo, estuda fazer uma oferta pelos 50% que a Aracruz possui na Veracel, fábrica de celulose instalada no Sul da Bahia. Executivos envolvidos na operação falavam ontem numa proposta de aproximadamente US$ 2 bilhões, valor ainda sujeito a ajustes. Se a negociação for adiante, a Stora Enso, que já é dona de metade da Veracel, passará a controlar sozinha a empresa.
Além da Stora Enso, os grandes interessados na concretização do negócio são os bancos que têm mais de US$ 2 bilhões para receber da Aracruz, por conta das operações com derivativos. Eles têm pressa para receber. Parte dos bancos credores da Aracruz, encabeçados pelo JP Morgan, faz força para que ela venda à Stora Enso sua parte na Veracel, pegue o dinheiro e quite sua dívida com eles.
Então podemos ver que de fato a ARACRUZ-CELULOSE pode até ter trazido o progresso, mais esse progresso está trazendo também a destruição mundial com os desmatamentos e o genocídio das populações.
Não podemos deixar de ressaltar que não foi a FUNAI que trouxe os índios, pois sempre os indígenas foram donos deste país chamado Brasil os quais lutarão e sempre continuarão lutando pelos seus direitos constitucionais, e a FUNAI foi um órgão criado para lutar pelos indígenas, no entanto não faz muito pelo que se foi proposto para esse órgão.
Os indígenas nunca ameaçaram trabalhadores, mais sim deu e dão suas vidas pelos seus ideais, que nada mais é seu povo, terra, cultura, tradição e étnica. Basta esses latifundiários não se envolver com os indígenas, querendo tomar seu bens antepassados e tradicionais.
Muitas vezes os verdadeiros culpados querem ser as vitimas, pois não tem cabimento esses Out-door que denigre a imagem dos verdadeiros donos da terra. Os povos indígenas não querem nada há mais, que nossas terras de volta. E se for preciso lutaremos até a morte.

Edcarlos (Carlinhos Pankararu)

edpankararu@yahoo.com.br

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Carlinhos:

    Muito BOA SUA MATERIA!

    Muito forte esses outdoors….. Foram colocados na Bahia? Sp? Quando?

    Será que a FUNAi vai entrar em juizo contra a ARARACRUZ e as outras 60 empresas ABAIXo asinantes?

    È Mundo esta muito triste!

    QUE CARA de PAU!!!

    QUE vergonha!!!

    SEGUIMOS na LUTA!!

  2. todo o mundo precisa trabalhar e todo o mundo tem direito ao trabalho porquè infelismente a cultura mundial està baseada no dinheiro e no trabalho para ganhar-lo mas primeiro de tudo todo o mundo tem direito a VIDA a começar da Terra que està sendo destruida. Entre as outras causas de destruiçao da terra, tem a deflorestaçao. Agora eu quero fazer uma pergunta a voçèis donos da ARACRUZ: porquè voçèis “donos” destas usinas destruitivas como a de papel feito matando as arvores, que com certeza com as suas açoes ajuda a destruiçao da terra, nao transforma estas fabricas de morte em fabricas de vida, reciclando por esemplo, o papel pode ser feito de material reciclado tambem, muitas fabricas de papel aquì na europa agora recicla material pra fazem papel e eles tambem dào trabalho as pessoas ajudando a natureza e nào ajudando a destruir-la. Voçèis donos destas usinas, respiram o ar tambem como todos os outros, certo? entào como podem destruir as arvores que sào essencial para gerar oxigeno? nào è isso um suicidio? voçèis sào suicidas por acaso? por acaso voçèis querem matar seus filhos? acredito que nào entào PAREM COM ISSO…..cazzo!!!!!

  3. Excelente sua matéria Ed , mas onde estão esses outdoors? Isso é um desrespeito a populaçaõ indígena local , deveriam ser destruidos , com protestos contra racismo e descriminação !!! Valeu muito esse aviso !!!

  4. Existe uma serie de denuncias contra a Aracruz celulose.No Espirito Santo na cidade de Aracruz acho que em 2006 ou 2007 se não me engano colocaram esses outdoors por lá.Não sei se voltaram a fazer por la e outros lugares.

    Cruzando o deserto verde

    Video denúncia
    Vídeo sobre a auto-demarcação de um cemitério quilombola invadido pela transnacional Aracruz na comunidade de Linharinho, próximo à famosa vila forrozeira de Itaunas – Conceição da Barra (ES), Brasil. Os quilombolas, descendentes das comunidades formadas por escravos(as) fugitivos(as), foram os primeiros moradores(as) do interior do Norte do ES, entre São Mateus e Conceição da Barra. Nos anos 60 suas plantações foram sendo substituídas pela monocultura do eucalipto por uma transnacional, fazendo com que eles fossem para as periferias ou vivessem como escravos. Vídeo selecionado para a Mostra Nacional Vitória Cine Vídeo 2006.

    Este vídeo explica as razões que levaram as mulheres sem-terra a decidir pela ocupação e pela destruição das plantações e do laboratório da Aracruz Celulose. Encerrado o documentário, ficam as perguntas: o que significa a ação das camponesas diante dos 30 anos de destruição de matas nativas promovidos no Brasil pela Aracruz Celulose? O que vale a destruição de mudas de eucaliptos, o chamado “deserto verde”, frente aos milhares de hectares de mata atlântica derrubados pela empresa desde que se implantou no Espírito Santo e no Rio Grande do Sul? O que se fez para resgatar as terras e a cultura subtraídas dos índios guaranis e tupiniquins? Veja o vídeo e encontre as respostas

    http://www.youtube.com/watch?v=Btwx4lU7EuU

    http://www.youtube.com/watch?v=35qdMatxfog

  5. 😉

    O salário do progresso é a Morte!

    O Progresso Capitalista é a destruição da matéria!

    Nosso Espírito de Paz, é Eterno e é Imortal!

    O sistema capitalista está em um beco sem saída…3..2..1…
    Grandes transformações sociais de grandes proporções estão germinando entre aqueles,
    que tem uma visão do mundo de forma Solidária e Fraterna.

    É chegado o tempo que os justos serão recompensados em Amor e Harmonia, confundindo
    os orgulhosos e poderosos…

    Prepare-se para Paz, pois só uma Sociedade que alimenta o Amor poderar ver este novo mundo que surge…

    Muita Paz e Amor a Todas Nações Indígenas que somos…Filhos da mesma Mãe…Terra

    Muito Agradecido

    SanX

  6. Sem comentários! Esses out-doors são vergonhosos! Chega a ser jocosos. Seus autores são mesmos egoístas. Imaginem, pensam em seus empregos, mas esquecem que os índios também precisam sobreviver. O que é mais engraçado, ou melhor dizendo, ignorante, é que esquecem que quando o homem branco aqui chegou, os índios já estavam aqui. O brasil é deles! Nós somos os verdadeiros intrusos. os invasores. Até quando ignoraremos esta realidade!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here