As ceramistas da aldeia Kariri-Xocó, conhecem os tipos da terra, boa para a cerâmica, procuram com antecedência a qualidade da argila. O barro de pote é uma argila mais escura, macia, sem areia, o” barreiro fonte da argila”, fica sempre localizado nas margens das lagoas. O Tauá argila amarela, a fonte está na beira do Rio São Francisco, serve para banhar o pote no alisamento com mucunã. Barro de panela é uma argila vermelha, arenosa, muito forte, já estar dizendo serve para panela, frigideira, aguenta muito fogo, sua fonte está no caminho da roça de Zé Taré e de Nê. O tauá branco, serve para pintar, só tem na Serra da Maraba, serve para tingir os objetos cerâmicos. Os barreiros são bem cuidados pelas ceramistas, deixam limpos sem matos, para não misturar, nem alterar a qualidade da argila. O barro serve para a cerâmica utilitária quanto para à Olaria de tijolos e telhas. As mulheres Kariri-Xocó, transportam a argila dos barreiros para sua casas, em balaios de cipós, as meninas carregam em sestas pequenas o barro em torrões.Nhenety Kariri-Xocó.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here