imagesComo eu venho dizendo ser índio do Sul da Bahia é sinônimo de ser criminoso. A população local tem nos imputado diversos crimes. O simples fato de termos nascido indígena já nos coloca no curriculum um crime. Recentemente um filho de um produtor rural foi preso por porte de arma nas proximidades de Buerarema (Ba), quando a população soube da prisão se aglomeraram na porta da Delegacia para “linchar” o infrator achando que fosse um indígena. Pasmem mas foi verdade! Depois que souberam que o criminoso não era um indígena todos se dispersaram.

 

 

Esquecem todos que crime maior foi cometido quando o hoje chamado Brasil foi invadido pelos Portugueses. Crime maior foi cometido quando milhares de indígenas foram assassinados por mercenários em nome da Coroa e da Igreja Católica. Criminoso maior é o Estado Brasileiro que não cumpre seu dever de demarcar as Terras Indígenas. Criminosa é esta Mídia Hegemônica, preconceituosa que insiste em nos colocar sempre como os vilões da história, que coloca a sociedade contra nós com suas notícias falsas. Criminosas são as pessoas que nos chamam de supostos índios.

 

downloadAqui no Sul da Bahia estão sendo contratadas pessoas para se infiltrarem no meio dos supostos pequenos agricultores para insuflarem a população contra os Tupinambá de Olivença, daí estas ações de violência que tem ocorrido na região com carros e casas queimadas, tentativas de linchamento e até um assassinato.  Da mesma os chefes dos supostos pequenos agricultores tem tentado infiltrar pessoas para se passarem por indígenas e agirem com violência, mas as Lideranças Tupinambá estão atentas e monitorando todas estas ações. Segundo informações a Polícia Federal já tem evidências destas ações.

 

 

A sociedade da Região precisa entender que nós não somos seus inimigos. Que lutamos por um direito originário, pela herança de SONY DSCnossos antepassados. Nós não queremos esta Terra porque ela é um bem com valor monetário. Queremos esta terra porque nela repousa as nossas tradições, nela repousa os nossos antepassados, nós somos parte desta terra. Nós queremos a nossa Terra demarcada para podermos viver o nosso modo de vida.

 

A grande verdade é que tanto os indígenas quanto os pequenos agricultores de verdade somos vítimas deste sistema de morte que impera neste Mundo, onde o Grande Capital, o Governo e Grande Mídia estão pensando somente em seus lucros. Os três Gs de destruição de todos nós! Estes são os verdadeiros criminosos!!!

 

Cabe a nós projetarmos os nossos Planos de Vida frente à destruição que estes insistem em nos impor.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
Advogada Indígena, militante social pelos Direitos Humanos Indígenas. Potyratupinamba@indiosonline.org.br

2 COMENTÁRIOS

  1. A que ponto nós chegamos !!! Colocarem uma placa dessa , insitar a população contra os povos indígenas , é o cúmulo do absurdo !!! Mas… como a verdade sempre aparece , mais cedo ou mais tarde , vamos dar tempo ao tempo e acreditar na nossa Constituição , afinal , se até Raposa Serra do Sol em Roraima conseguiu mostrar a realidade e quem eram os insufladores da violência , porque não acreditar na vitória !!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here