Entre os dias 03 e 05 de setembro de 2010 está sendo realizada em Jaboatão dos Guararapes- PE a Oficina Regional Sobre Direitos e Políticas para Criança e Adolescentes Indígenas. Este evento é uma realização do CINEP- Centro Indígena de Estudos e Pesquisa em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos  da Presidência da República e do CONANDA-Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Grupos  indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo ( area de abrangência da APOINME) encontram-se reunidos para discutir o Estatuto da Criança e do Adolescente em busca da melhoria e desenvolvimento de nossos adolecentes e crianças em cada povo respeitando as especificidades de cada um deles. 

Estão sendo debatidos temas como:

Importância das crianças e adolescentes indígenas para o presente e futuro de cada povo;

Identificaçao e descrição dos problemas das crianças e adolescentes indígenas;

Respostas indígenas aos problemas enfrentados por suas crianças e adolescentes;

O que tem sido feito pelas crianças e adolescentes indígenas no âmbito municipal, estadual, e federal;

Crianças e adolescentes indígenas em situações de risco possibilidades de ação e políticas conjuntas.

Após as discussões em grupo os temas foram apresentados para plenária.

Este encontro está sendo importante pois é um canal aberto de comunicação com o governo para mostrar as necessidades de nossos povos e a realidade das crianças e adolescentes indígenas.

Reivindicamos políticas públicas específicas para as crianças e adolescentes indígenas e uma reformulação do ECA- Estatuto da Criança e do Adolescente de forma que atenda as necessidades da juventude indígena.

Equipe: Eriko Kambiwá

                Leandro Wassu Cocal

                Ediclério Kambiwá

                Irembé Potiguara

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Foi um bom espaço de discussão sobre os direitos de nossas crianças e adolescentes indígenas. Um canal para que pudéssemos falar o que acontece em nossas comunidades.
    Não é muito mas já estamos aos poucos conseguindo injetar no governo brasileiro a voz dos povos indígenas mostrando que não existe melhor pessoa para falar de nossas realidades do que nós mesmos…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here