Valdineide Tuxá (membro do fórum) e Agnaldo Pataxó (coordenador atual do fórum) "recuperar seus membro e buscar os verdadeiros objetivos do fórum é um desafio".

A última reunião do Fórum de Educação da Bahia que aconteçeu dia 18  em Feira de Santana-BA, no campus da UEFS,  demostrou o quanto seus membros estão desanimados com o andamento das propostas discutidas há anos.A forma que é realizado o fórum, a escolha dos seus membros e toda a sua estrutura foi relatado pelo Antropólogo Guga Sampaio de forma brilhante, já que seu olhar é coerente com a opinião de muitos indígenas que acompanham as ações do fórum, contudo,  muitos não se expressaram com medo de represálias.Leia a opinião do sábio Guga Sampaio fruto de uma pergunta feita por mim Jandair- Tuxá.

Guga Sampaio.diz:

-Acredito que Agnaldo Pataxó assumiu a coordenação do fórum com os melhores própósitos, mas o esvaziamento e a dependência do fórum com relação a iniciativas governamentais já vinha de muito antes…o fórum de educação indígena na Bahia tem uma bela história de mais de dez anos, mas, nos últimos tempos ele veio perdendo autonomia e praticamente só se reunia e executava alguma ação convocado e patrocinado por alguma iniciativa governamental, em geral da coordenação de educação indígena de Secretaria de Educação , mas isso já vinha  assim desde o goveno anterior.

O fórum perdeu autonomia para articular e praticamente só se reúne quando a Scretaria quer decidir alguma coisa e pagar as despesas, inclusive as passagens dos representantes indígenas.O pessoal da secretaria argumenta que os representantes no fórum são eleitos pelos próprios indígenas e é verdade, só que essas indicações ou eleições já foram  feitas como sempre  em eventos escolares da própria secretaria, eu conheço representantes indígenas que nem sabiam que tinha sido eleito ou indicado para essa comissão executiva do fórum.

Penso que há muitos representantes realmente legítimos e qualificados entre os que estão na comissão do fórum, aliás, todos os que eu conheço estão nesta condição e acredito que os demias tembém, mas o fato é que muitas comunidades, em especial as que não têm escolas estaduais, se sentem excluídos, e mesmo alguns representantes na comissão não se sentem à vontade em particular nessas condições, acho  que por isso não houve a reunião aí, e também, acho, pela própria falta de articulação.

Não basta mandar um “email  ” alguns dias antes e achar que só com isso todo mundo vai apareçer em Feira de Santana no dia que eles marcaram.Mesmo sabendo que o governo reembolsa as passagens, as pessoas têm outras coisas que fazer e não ficam simplesmnete `a  disposição do coordenador e do pessoal da secretaria para quando eles resolverem chamar para uma reunião em outra cidade, nem a pauta da reunião foi informada. Como, é que as pessoas vão sair de suas comunidades para uma reunião que ficaram sabendo em cima da hora e sem saber qual a finalidade,  a sua pauta desse reunião?…

Eu disse que o fórum ficou um fórum  “chapa – branca” porque as chapas dos carros do governo são brancas, e o fórum ficou igual a esses carros, que  só andam quando tem algum fincionário do governo dirigindo…não acho que os funcionários mais engajados no fórum, como Vanda, sejam mau intecionados, nada dissi. Mas eles acabaram ocupando cada vez mais espaços na condução do fórum por causa do esvaziamento que, como eu disse, já vinha de antes, e talvez também, eu acho, por causa da postura um tanto controladora e dirigista da parte de alguns representantes indígenas em cargos públicos.

Sabemos de situações em que fincionários do governo tentaram intervir até mesmo para forçar comunidades com as quais eles nem têm muitas realções.E nem era que esses outros professores quisessem de fato isso, era tudo só para comodar questões burocráticas de interesse do próprio governo.

Eu nem queria comentar nada sobre isso porque sempre achei que caberia aos próprios indígenas tomar essa iniciativa, mas quando li o comentário crítico, inteligente e educado de Arainha(Reginaldo Pataxó), achei que poderia comentar alguma coisa também, porque, afinal, a Anaí também é membro do fórum e também sentimos e lamentamos muito esse situação.

É hora das organizações indígenas e indigenistas participarem do Fórum, já que é o governo que está comandando as ações.

Mas ficamos mais animados quando vemos que cada vez indígenas, em especial os mais jovens como você, também se dão conta desse situação e pensam do mesmo modo.Eu não tenho nada contra que o governo custeie as despesas do fórum, até acho que isso deve ser mesmo um compromisso deles, mas não acho que o fórum deve ficar na dependência do governo para se articular e viabilizar suas reuniões.Acho que o governo poderia, por exemplo, fazer um convênio com alguma organização indígena que fosse assim a coordenação do fórum e repassar os recursos para esse organização que teria, assim, autonomia para fazer as articulações, marcar as reuniões e definir as pautas.

Outras instituições que também são membras do fórum, como  própria  secretaria e nós da Anaí, também participaríamos das reuniões, claro, mas seriam as próprias organizações indígenas que definiriam as suas pautas e fariam os convites.Acretido que assim as reuniões de fato aconteceriam e todos, indígenas e não indígenas, se sentiriam motivados para participar.

Espero que na próxima reunião do fórum de fato aconteça, a partir de uma posição de autonomia dos indígenas, a fim de  tratar de questões importantes de interesse da educação indígena da Bahia na perspectiva dos povos indígenas e de suas organizações.

Jerry Matalawê representante indígena do Governo diz que fórum não é "Chapa Branca".

Jandair – Tuxá.

jandairribeiro@hotmail.com

(75)88076332.

(75) 91988479.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. legal sua materia jandair, mas observe bem o foro de educação nunca vai dar certo da forma que é principalmente pelo governo estar metido pelo meio, pois o oro sempre só faz o que o governo quer nunca bate de frente por exemplo aqui no meu povo tupinambá estamos com uma serie de demandas, ministerio publico com intervenção em nossa escola, professores mandado embora a cultura a cada dia morrendo, e cadê o foro???? que devia estar olhando por nossas bases mas não pelo contrario só fica fazendo de conta que existe e o governo fazendo o que quer com nossa educação escolar indigena.
    uma outra critica é a forma de escolher as pessoas que compõe forum, é uma forma antidemocratica, sem respeito a liderança das comunidades, onde sempre escolhem a mesma pacota que só que ficar viajando e não olha para suas bases, vão por amizade coisa antiproficionaL onde deveria ser cortado, aqui no meu povo tupinambá eu estava presente na ultima eleição do forum onde foi tão mal articulada a ida de meu povo até lá que foi orrivel a forma que escolhemos nossso representante que foi eleito por um grupo que nem vive na aldeia onde as pessoas que deveriam estar participando do forum nem foi dada a oportunidade pois aqui mesmo 5 hrs da manhã foi quando as lideranças ficaram sabendo que sairia um onibus daq quando esse onibus viajaria as 6 e aquem mora no pé da serra como chegaria a tempo o onibus foi vazio quando chegamos lá ja estavam algumas indis pelegos da cidade que por conta de amizade com os representantes do forum conseguil passagem e dessa forma foi feito por eleção sendo que aquelas pessoas que estaval ali poucas representam nós comunidades indigenas de base que moramos na aldeia que damos nosso sangue a murissoca em retomadas de terra que vivemos a nossa cultura a cada dia. e nada disso é respeitado ******

  2. Tudo isso que vc relatou Curupaty é também a opinião de muitos indígenas, pois muitos nem sabem ou não participaram da escolha dos seus representantes no fórum.É incrível como muitos, depois de anos na linha de frente do fórum ainda tem coragem de ocupar uma vaga no mesmo, pois o mérito agora não é daquele que tem mais tempo na militância, mas, sim aquele que de lá de cima conseque mexer com a base, trasformando e movimentando sua comunidade para melhor.
    Vamos lembrar mais uma vez que: “Alto lá! Esta terra tem dono!” ou seja os indígenas da Bahia não vão mais engolir sapo…!!!

  3. HÁ MUITOS ANOS QUE JÁ DEVERIA HAVER UM NOME DE BATISMO DO FÓRUM DE EDUCAÇÃO INDIGENA DA BAHIA, EIS AI UM CODINOME QUE REPRESENTA A CARA DO FÓRUM, GUGA TEM GRANDE FACULDADE SOBRE O ASSUNTO.
    É DE GRANDE RELEVANCIA QUE UM DIA O FÓRUM REUNAM – SE QUANDO OS INDIGENAS SENTIR NECESSIDADE E NÃO O ESTADO, E NÃO ADIANTA TENTAR TAMPAR O SOL COM UMA PENEIRA COM ABA, IMAGINE SEM… REALMENTE É “CHAPA BRANCA” TEMOS QUE MUDAR ESSA REALIDADE FANTASMAGORICA QUE ASSOLA A EDUCAÇÃO INDIGENA EM NOSSO ESTADO.

  4. NÓS INDIOS TEMOS QUE TER UMA EDUCAÇÃO DIFERÊNCIADA, ISSO É GARANTIDO POR LEI E ATÉ HOJE Ñ SAMOS DIGNOS POR PARTE DOS GOVERNATES… EXISTE UMA FALHA MUITO GRANDE NO MEIO DE NÓS, ACHO QUE OS REPRESENTANTES DO FORAM TERIA QUE SEREM ESCOLHIDOS PELAS COMONIDADES, Ñ É GOVERNO E NEM ONGS QUE VÃO INDICAR QUASQUE UM PARA PARTICIPAR E CORDENAR EDUCAÇÃO INDIGÉNA QUE É UMA RESPONSABILIDADE MUITO GRANDE…AS INDICAÇÕES TERIA QUE PARTIR DE CADA POVOS ESCOLHERES SEUS REPRESNETANTES.. QUEM SERIA??? NO MEU PONTO DE VISTA SERIA PESSOAS DE BASE, QUE TEM COMPROMISSO COM AS COMUNIDADES E QUE TERIA RESPALDO NA LUTA… EU CONHEÇO PESSOAS QUE INFILTRA NO NOSSO MEIO SE PASSANDO POR INDIO PARA TIRAREM APROVEITOS E OS ESCOLHIDOS TERIA QUE MORAR NA ALDEIA, Ñ PESSOAS QUE MORAM E VIVI NA CIDADE SÓ APROVEITANDO MOMENTOS PARA TIRAREM APROVEITO…EU CONCORDO EMPLENAMENTE COM O DEPOIMENTO DO COMPANHEIRO CURUPATY, EM MOMENTO ALGUM ELE MENTIO NO SEU RELATO ESSA É A VARDEDE DO QUE VEM ACONTECENDO… E PQ OS FORAM Ñ SÃO REALISADOS NAS BASES ONDE ESTÁ CONSENTRADOS OS POVOS, SENDO QUE TEMOS ESTRUTURAS PRA ISSO MINHA GENTE É ATÉ BOM QUE OS NOSSOS JOVENS VÃO JÁ APRENDENDO COMO REIVIDICAR SEUS DIREITOS…E OUTRA COISA SÓ Ñ É EDUCAÇÃO QUE ESTÁ FRACASSADA É TUDO, AS COMUNIDADES ESTÃO SOFRENDO POR SEREM MAUS REPRESENTADAS CÁ FORA NO MEIO DOS HOMENS DAS LEIS E DOS PODERES… E DIGO MAIS NÓS ESTAMOS TODOS MAUS REPRESTADOS ISSO É A VERDADE…EU Ñ SEI ONDE VAMOS CHEGAR!!!!! MEUS PARENTES O TEMPO ESTÁ PASSANDO, VAMOS DESCRUZAR OS BRAÇOS E ANALIZAR OS NOSSOS REPRESENTANTES POLITICOS PQ ATÉ HOJE NÃO FIZERAM NADA PELAS COMUNIDADES VAI TERMINAR O SEGUNDO MANDATO DE UM GOVERNO QUE TANTOS APOIAMOS E Ñ TEMOS NEM UM PREJETO DE AUTO SUTENTAÇÃO ESTALADOS DENTRO DAS COMUNIDADES, O QUE TEMOS É UMA PROMEÇA DE CASAS POPULARES UM TRATOR E DE UNS TAQUES DE REFRIGERAÇÃO, MAIS COM AS BRIGAS INTERNAS CADA CACIQUE QUERENDO PUXAR MAIS PRO SEU LADO, QUE ATÉ HOJE NADA FORAM IMPLANTADO..SÓ DIGO QUE É HORA DA MUDANÇAS, VAMOS COLOCAR PESSOAS DE COMPROMISSOS…Ñ ELEMENTOS MAL CARATER, MENTIROSOS E PELÊGOS…QUE FICAM LUMBRIANDO E LESANDO O SEUS PRÓPRIOS PARENTES…UM ABRAÇO PARA TODOS, INDIOS E Ñ INDIOS…PARABENS “CURUPATY” PELO O SEU RELATO… (A CHAPA BRANCA SERIA ULTIL PRA GENTE È SÓ SABERMOS USAR)

  5. Nós povos indigenas no sertão nordestino estamos atualmente sofrendo por conta da falta de chuva e má administração dos politicos.
    achamos que em breve vamos fazer manifestações nas cidades,para ver se emeniza nossa situação
    fone,sede!
    teka

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here