Como em quase todos os estados brasileiros, o extermínio dos povos indígenas acontece na frente dos olhos de quem quer ver. Parecendo uma guerra étnica, financiada pelo próprio governo. A dizimação dessa população começou há mais de 511 anos e até hoje ainda existem os chamados bandeirante, também conhecido como Jagunços.

No estado do Mato Grosso, a Aldeia Guajajara, no município de Claudia poderá desaparecer, caso nenhuma atitude for tomada. Ameaças continuas acontecem, e o pior é que os fazendeiros, como em muitos casos brasileiros, estão acompanhado pela Polícia.

Em maio de 2011, moradores da aldeia Guajajara, foram surprendidos por fazendeiros, jagunços e policias, que segundo o povo da aldeia, a polícia queria atirar neles. Não é de se surpreender, pois no estado vizinho acontece o mesmo, em Roraima também foi do mesmo jeito, e por ultimo na Bahia. Nas últimos meses, o serviço da polícia, tem sido cumprir mandatos policias criminosos, e a FUNAI, instituição ao qual cabe proteger os povos indígenas pouco tem feito.

A guerra contra os povos Indígenas é um aviso, de que o que era pra ser tratado como um caso de políticas públicas, é tratado com a polícia. O Estado brasileiro que devia demarcar todas as Terras Indígenas em até 5 anos após a promulgação da Constituição, não tem se esforçado o mínimo.

O desespero da Aldeia Guajajara, é que no próximo dia sete, terá uma audiência, a pedido dos Fazendeiros, que dizem que a terra pertence a eles, e querem a reintegração de posse. Caso isso aconteça será a maior prova que um novo Descobrimento virá acontecer, e antes as armas usadas eram espadas, canhões. Hoje os Invasores usam armas compradas com dinheiros públicos, coletes comprados com dinheiro público. Mas o objetivo é o mesmo: Matar os índios e ocupar a terra deles.

Não é possível que ninguém veja isso, onde está o MP-MT, o MPF e a FUNAI?, acontecendo absurdos contra a população indígena e ninguém faz nada? Não apenas tiram o direito a Terra, como também o direito a educação, a saúde e o Pior o direto a Vida.

Nós ainda estamos aqui para defender o que é Nosso Não Importa o que eles vão dizer prá incriminar a Gente.

estamos aqui pro que der e vinhe eles tem que aprender a nos respeitar.

Sei que inúmeras aldeias sofre o descaso Da Funai que Foi criada para defender Nós

Índios mais não estão fazendo nada, até quando iremos ser atacado pelos Brancos?

Até quando eles vão Ficar Matando Índios Inocentes?

Até quando eles vão querer Ficar Roubando Nossas Terra ?

Eu Particularmente To indignada  Isso tem q ter um Fim.

E que esse fim tem que ser Nós Lutando pelos Nossas terras pelo nosso Povo.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Traducao em Ingles:
    The notice of death: The reality of the people of Guajajara in MT [ Guajajara Village, Mato Grosso, Brazil]
    Posted in February 4, 2012.
    As in almost all Brazilian States, the extermination of indigenous peoples happens in front of the eyes of whoever wants to see. Looking like an ethnic war, funded by the Government. The decimation of the population began more than 511 years ago and even today, there are still the so-called bandeirantes, also known as Irregulars.
    In the State of Mato Grosso, the Guajajara Village in the province of Claudia may become extinct , if no action is taken. Continuous threats do happen, and the worst is that farmers, as in many cases are accompanied by Brazilian police.
    In May 2011, residents of the Guajajara native village were caught off-guard by farmers, irregulars, and policemen, according to the villagers, the police wanted to shoot them. It is not surprising, because in the neighbouring State, the same happens, it also happened in the State of Roraima, in the State of Bahia. In the past few months months, the police service, has been fulfilling criminal Charter mandates, and FUNAI, an institution which is responsible for protecting indigenous peoples little has been done.
    The war against indigenous peoples is a warning, that what was supposed to be treated as a case of public politics, is treated with the police. The Brazilian State had to demarcate all indigenous lands by up to 5 years after the promulgation of the Constitution, it has not made any effort at all.
    The despair of the Guajajara village, is that this coming February the 7th, there will be a local hearing, at the request of the farmers, who say the land belongs to them, and they want the repossession. If this happens, it will be the greatest proof that a new Discovery will be happening, and before the weapons used were swords, cannons. Today the invaders use weapons bought with public money, vests bought with public money . However, the goal is the same: Kill the natives and occupy their land.
    It is not possible that nobody see this, where is the MP-MT, the MPF and the FUNAI?, absurdities are happening against the indigenous population and nobody does anything? They don’t just take the right to the land, but as well the right to education, health and even worse, the right to Live.
    We’re still here to defend what is ours no matter what they will say to incriminate us.
    We are here to wherever happens, however they have to learn to respect us.
    I know that many villages suffer the neglect of the FUNAI, which Was created to defend Us
    Indios yes, but we aren’t doing any harm, until when will we be attacked by Whites?
    For how long will they be continuing Killing Innocent natives?
    For how long will they be stealing our land?
    I Particularly am outraged and there has to be an end to it.
    And that this purpose has to be Us fighting for Our land for our People.
    This post was written by
    Josy-Guajajara . She wrote 1 materias em Indios Online.
    Contact the author
    Leave a reply
    E-mail (it will not be published) (required)
    Site
    http://www.indiosonline.net

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here