VOCE MEU IRMÃO DESEJA ASSINAR ESTA NOTA?
DEIXE SEUS DADOS EM COMENTÁRIOS QUE SERÁ ADICIONADO SEU APOIO.
OBRIGADO

A determinação da Polícia Federal de executar as liminares de reintegração de posse das áreas retomadas pelos Tupinambá, no sul da Bahia, compromete a integridade física e a subsistência deste povo indígena. No ultimo dia 20, três Tupinambá da Serra do Padeiro resultaram feridos em confronto com agentes da PF, que ali se encontravam para mapear as áreas a serem reintegradas.

A operação da Polícia Federal foi ensejada pela extinção do prazo de cento e oitenta dias concedido pelo TRF da 1ª Região, suspendendo, nesse ínterim, a execução do cumprimento das liminares de reintegração para que a FUNAI finalizasse o relatório de identificação da Terra Indígena Tupinambá de Olivença. Como isso não ocorreu até o presente, os Tupinambá encontram-se na iminência de terem subtraídas áreas plenamente ocupadas e produtivas de seu território, essenciais à sua subsistência econômica e à sua reprodução sócio-cultural. Na semana passada, a PF cumpriu, para desespero dos índios ali residentes, dois mandados de reintegração de posse, em áreas situadas em Olivença, no município de Ilhéus e, no dia de hoje, mais uma foi executada na aldeia Tucum, na região do Parque de Olivença. Nas áreas retomadas pela comunidade Tupinambá da Serra do Padeiro há, inclusive projetos agrícolas e edificações (casas de farinha, escolas) implementados com recursos provenientes do Governo Federal, repassados pelo MDA e pelo MMA. Os índios dessa comunidade, representados pelo cacique Babau, estão dispostos a resistir a qualquer custo. Nas atuais circunstâncias, um confronto de graves proporções com a Polícia Federal se afigura como inevitável. Em 18 do mês em curso, as comunidades indígenas de Olivença emitiram uma nota pública salientando a gravidade da situação – pois muitas famílias dependem e vivem exclusivamente dos frutos da terras retomadas, muitos delas com ocupação indígena consolidada de mais de seis anos- e solicitando das autoridades agilidade no equacionamento do processo de regularização do seu território tradicional. Urge que a FUNAI consiga um novo adiamento da execução das liminares de reintegração de posse e conclua finalmente o relatório de identificação da TI Tupinambá!

Assinam:
Conselho Indigenista Missionário (CIMI), Associação Nacional de Ação Indigenista (ANAÍ), Comissão Pastoral da Terra (CPT), Articulação dos Povos e Organizações Indigenas do Nordeste, Minas Gerais e Espirito Santo (APOINME), Pastorais Sociais da Diocese de Itabuna, Conselho de Cidadania, SINDSEF-Itabuna, Articulação Social da Arquidiocese de Salvador (ASA), Paróquia Santa Rita de Cássia, Web Rádio Brasil Indigena, Indios On Line,

Anápuáka Muniz

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O mundo está desesperado e gravemente doente!

    A Paz na terra chegará… pela Fé e pelo Amor, todo conflito será evitado,
    pois só o Amor pode construir uma nova humanidade.

    É lamentável perceber que os poderoso lapidam os cofres e os direitos da população.
    O Poder que o povo tem é infinito, mas devemos ser pacíficos e deixar que os brutos,
    animais carniceiros sejam extintos da terra pelo próprio mal.

    Estão cegos e seus dias escuros. Devemos resistir…no Amor, Persistir na Paz.

    O poder da corrupção não gera frutos é semente pôdre e a árvore que dá mal frutos,
    será cortada na raiz.

    “Se me amais, guardai os meus mandamentos; e eu rogarei a meu Pai e ele vos enviará um outro Consolador, a fim de que fique eternamente convosco: – O Espírito de Verdade, que o mundo não pode receber, porque o não vê e absolutamente o não conhece. Mas, quanto a vós, conhecê-lo-eis, porque ficará convosco e estará em vós. – Porém, o Consolador, que é o Santo Espírito, que meu Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará recordar tudo o que vos tenho dito.” (São João, cap. XIV, vv. 15, 16, 17, 26.)

    “Bem-aventurados os pobres em espírito,
    porque deles é o Reino dos Céus.
    Bem-aventurados os que choram,
    porque serão consolados.
    Bem-aventurados os mansos,
    porque herdarão a Terra.
    Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça,
    porque serão saciados.
    Bem-aventurados os misericordiosos,
    porque alcançarão misericórdia.
    Bem-aventurados os puros de coração,
    porque verão a Deus.
    Bem-aventurados os pacificadores,
    porque serão chamados filhos de Deus.
    Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça,
    porque deles é o Reino dos Céus.

    Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e vos perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Alegrai-vos e regozijai-vos, porque será grande a vossa recompensa nos céus, pois foi assim que perseguiram os profetas, que vieram antes de vós.”
    (Mateus Cap.5, versículos 3 a 12)

    A VERDADE CHEGARÁ PARA OS MAIS HUMILDES
    E PARA OS MAIS ORGULHOSOS.

  2. Anapuaka, tudo bom? Meu nome eh Tiago, sou formado em cinema, e fiz um trabalho com os Pataxos do Monte PAscoal.
    Faz tempo que tento falar com voce, agora que encontrei esse espaco, espero que voce esteja lendo essa mensagem.
    Vi seu site, e vi o video de voces lah no evento Campus PArty. Vi que voces estao com otimas ideias em relacao a internet, TV, mundo.
    Nosso trabalho foi com os indios Pataxos da Aldeia Mae Barra Velha, demos oficinas de video para eles, ensinando a parte de imagem, som e edicao, alem da parte tecnica de manusear a camera. No final das oficinas eles fizeram um roteiro de um documentario e filmaram esse roteiro. Eu sou de Sao Paulo e nao podia ficar lah para editar la com eles, mas estou editando aqui em casa, e em abril iremos nos reencontrar para ver esse filme. O material esta muito bom, temos 40 horas de material e vamos fazer um filme de 1h mais ou menos, a principio, porque da pra fazer mais coisas com o material.
    Bom, eu estou falando tudo isso porque estou vendo que todo este trabalhando que voces indios estao desenvolvendo, todo este esforco e a beleza de sua cultura pode e vai gerar muitos bons frutos, tenho certeza. Estou aqui me disponibilizando para de algum modo poder trabalhar com voces, ajudar de alguma forma. Estou indo agora atras de editais do ministerio da cultura e das secretarias de cultura de sao paulo e da bahia para que este meu trabalho com os pataxos possa continuar, para que a gente possa fazer mais filmes e que eles possam ter seus proprios equipamentos. Eu acredito que esse meu trabalho com eles tem muito a ver com o de voces. Eu nao sei qual o seu contato com eles, mas se voce quiser eu posso fazer essa mediacao, falar com eles, que voces estao com esse trabalho e ai voces se encontram e conversam e eu tambem. Porque eles ainda nao tem internet e creio que nao devam conhecer o trabalho de voces, nem os sites que voces estao desenvolvendo, etc.
    Bom, fico na espera de uma resposta, e a disposicao para o que vier.
    Soh para finalizar, gostaria de falar que esse trabalho que fiz com os indios foi melhor do que eu esperava e que eu estou muito animado para seguir nessa luta de dar voz aos indios, para voces mostrarem a sua cultura. Acredito pelo que ouvi no video que voce tambem pensa assim. Os pataxos com quem eu fiz o trabalho na Barra Velha tambem estao muito empanhados com isso. Eu sou formado em cinema, como ja disse, e espero contribuir com voces para lhes mostrar tudo o que sei. De internet sei pouco, mas em relacao a videos, sei tudo. Tv sei um pouco mas tambem me interesso.
    Fico por aqui.
    Um Abraco, Tiago!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here