O município de Itaju do Colônia sedia pela primeira vez a Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres que contou com a presença de Rita Souza, chefa de gabinete da SPMBA.

      Rita Souza, Chefa do gabinete da SPMB e Mulheres Indígenas da Aldeia Bahetá.

    1. Eduardo, representante do Território Litoral Sul, o prefeito municipal de Itaju, Padre Edinaldo Martins dos Santos e equipe, Célia Andrade, vice – Prefeita, as indígenas Risia Muniz, Samile Muniz, Maria José Cruz (Zezé) Samile Santos e Jamile Muniz representando o Núcleo de Mulheres Indígenas da Aldeia Bahetá. A Conferência acontece num momento em que as mulheres estão participando ativamente dos processos e demandas das políticas do Brasil, entretanto, agora é a hora e a vez da mulher brasileira administrar um país que acelera o crescimento a todo vapor e renomado na economia mundial que traz confiança ao cenário do mercado mundial.

      Esse quadro tem mudado de acordo com os interesses e lutas das mulheres, que buscam seus espaços nos mercados de trabalho, na política partidária e social, a exemplo disso é que hoje temos pela primeira vez uma presidenta Dilma Vana Roussef, antes no governo Lula foi chefa da Casa Civil, agora no comando do país e junto com ela mais 10 ministras, assim, podemos também tomar como exemplo da força feminina na participação da construção do país e das políticas publicas é que muitas mulheres indígenas já assumem funções de alto escalão nas aldeias indígenas, sabemos que não é nada fácil uma mulher indígena assumir a função de cacica dentro de uma cultura milenar onde o machismo dos grandes guerreiros prevalecia, mas diante dessas estatísticas a mulher indígena avançou e muito, a ponto de hoje já ser realidade uma comunidade indígena ser chefiada por uma mulher.

      A cacica Ilsa Rodrigues é um exemplo de comando com sinceridade e sabedoria na luta de conquista do TI Caramuru Catarina Paraguassu dos HÃ HÃ HÃE, tem desempenhado uma boa postura de comando diante de uma diversidade masculina é exemplo de comando feminino, entre outros nomes que marcam a historia da luta das mulheres desse país multi-cultural.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Otima matéria Akanawan, realmente nós mulheres estamos conquistando nosso espaço, pretendemos fazermos essa caminhada juntos com vcs homens, mais forte que antes!

  2. É isso ai mulheres índias,corram atrás porque nos também somos gentes,temos nossos valores,estou na cidade ha muito tempo e não perco as esperanças de lutar junto com os meus irmãos índios.Somos inteligentes e sabemos o que queremos,o que é nosso por direito,bjssss a todos índios.

  3. as mulheres de baheta merecem essa conguista por ser mulheres lutadoras e muitos sofridas..e a mulher ta conquiistando seu espasso a prova disso e a nossa presidenta, na aldeia tm a cocica,parabens bahetá…………

  4. é isso aí, é importante ter quadros como o de Rita Souza, que faz o Governo nos enxergar, ter um olhar mais sensível.

    Abraços a todas

    viva as mulheres.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here