O senhor Pedro Miguel Torres, residente na aldeia Saco dos Barros, Pankararu,no municipio de Tacaratu, Jatobá e Petrolândia-PE, conhecido como Pedro Miguel, é um senhor de idade com 72 anos, e é aposentado. Mais nunca deixou suas obrigações como agricultor, trabalha na sua roça diariamente, no tempo de plantação, ele desce e sobe ladeiras, gasta uma hora de relógio, para chegar até a sua roça.
Esse Pankararu tem bastante orgulho, desse único meio de vida, por isso passa o tempo todo na roça, e só volta para casa à tardinha; toda vez que vai sair para sua roça, leva consigo a sua própria comida. Com muita coragem, ele mesmo, é quem faz a limpeza na sua roça, e deixa-a pronta, para a plantação, os legumes plantados são: o feijão de corda, o milho, a abóbora, o jirimu, o andu e a mandioca, e etc. Ele gosta muito do que faz, tem muito prazer na vida, por ter suas terras, e também, por quer elas é quem dão os legumes, necessários na alimentação da sua família.
Ele agradece, e pede a Deus todo dia, para que ele lhe der muita força e coragem, pela sua luta diária, e pede também, muitos anos de vida, para continuar, sendo essa pessoa guerreira e dedicada, no seu trabalho,pois é o que ele, mais gosta de fazer na vida.
Assim é a vida de um Pankararu, sempre na luta diária, para não ver seus filhos, crescerem sem nenhum objetivo na vida, por isso, eles aprendem desde cedo a enfrentar essa dura realidade, existentente e resultante dos maus governantes do nosso país.
Essa é uma resposta para quem diz que índio é preguiçoso, que índio não faz nada, verem que fomos os primeiros, e somos os verdadeiros donos, das terras do Brasil, e também, verem que a nossa preocupação com elas, pois é nelas que encontramos a nossa verdadeira riqueza, as nossas verdadeiras raizes.

Solange Monteiro dos Santos

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Sou eu, Juliani
    Esse relato motra o brasileiro por exelência,penso q ao contrário do q dizem, nós não índios aprendemos com vcs a trabalhar… Nas cidades temos muitos exemplos de pessoas como o Sr. Pedro Miguel qlutam a vida inteirinha pelo pão de cada dia sem o menor reconhecimento por parte das autoridades q ao contrário só tiram do povo o pouco q tem!
    Vcs estão de parabéns pelas matérias!
    Um grande abraço!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here