Maria de Calu era uma índia Pankararu,que pertencia primeiramente o nosso pai Santsé e a força encantanda,ela possuia consigo uma flecha de cana braba, que usava para sua proteção,também usava um crucifixo de ouro que era para descobrir todas as coisas ruins de nosso povo.
Maria de Calu não aceitava a presença de um certo bando de cangaceiros,que na década de mil novecentos e vinte se refugiavam em nosso povo ,pois as terras Pankararu são cercadas por grandes serras,e os cangaceiros se sentiam seguros e dificutavam a ação da volante “como era chamada a polícia no nordeste antigamente” e esse bando não era nada mais ou nada menos que o bando de Lâmpião e Maria Bonita,mas o bando de cangaceiros também criticavam a índia Pankararu Maria de Calu, eles diziam que ela era uma feiticeira. Os cangaceiros de Lâmpião e Maria Bonita que conheciam a índia Pankararu chamada Maria Chulé com quem se juntavam para fazer uma de suas maldades. Vários famíliares de Maria Chulé faziam parte do bando de cangaceiros, pois Lâmpião militava os índios, por serem excelentes mateiros e conhecedores região.

A índia Pankararu Maria de Calu agora esta com os nossos encantados, mas deixou familíares em nosso povo, que hoje são conhecidos como familía Calu em homenagem a essa grande guerreira Pankararu, que sozinha enfrentou o cangaço de Lâmpião e Maria Bonita

Edivaneide

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here