Muitos dizem que com a pós-modernidade ocorreram fragmentações de identidades.O ser humano esquece cada vez mais sua essência,abandona seu espirito, criando barreiras em seu coração,se afastando de sua raíz e da terra que sempre foi sua mãe independente de sua cultura.Hoje o homem trata sua “mãe” da mesma forma que está seu coração e sua identidade ,em” desmatamento”.O que estamos nós tornando?.

Uma voz que a grande mídia ” tentou silenciar”,alertou Yakuy da equipe do Indios Online ,a respeito do desmatamento contínuo que está ocorrendo na antiga estrada Rio-Bahia,km4 /Laranjeiras (São Pedro), Areal/RJ e Reserva da Biofera da Mata Atlântica que está em degradação desde a colonização.Escreveu o ”coração” ainda firme ,na defesa da vida que brota da terra ”Já desmataram boa parte da mata nativa e continuam derrubando a floresta.Gostaria que tomassem uma atitude em relação a este crime ambiental, pois espécies de animais estão perdendo suas casas e suas vidas. Onde havia um belo córrego cercado de verde, deu lugar a esse vale pelado e sem vida.Não é justo que a natureza pague pelos nossos erros e hipocrisia de outrosJá denunciamos aos órgãos competentes (FEEMA, IBAMA, SERLA, etc )Por favor nos ajudem, não temos mais a quem recorrer”

Há quem chame o desmatamento de desenvolvimento econômico e progresso.

É preciso conscientização e união,os solos não são mais os mesmos que antes.Nossa fauna chora,os animais ,toda vida a nossa volta está sendo envenenada e vamos simplesmente permitir que isso ocorra?
Vamos agir e pressionar os orgãos competentes,vamos exigir que eles façam seu trabalho.

IBAMA – http://www.ibama.gov.br/rj/index.php?id_menu=5 – linhaverde.sede@ibama.gov.br
FEEMA – http://www.feema.rj.gov.br/

Enquanto isso algumas pessoas nos olham como românticos,sonhadores e ingênuos.Simplesmente por querermos algo melhor,lutando por isso sem se intimidar com a força do capital nessa sociedade e a forma como as coisas ocorrem nela.Sem união nada somos,juntos podemos mudar muita coisa triste,não deixem que ”calem” suas vozes,basta de silenciamentos!

Já dizia Martin Luther King e tantos outros :
“O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons.”

Precisamos abandonar as teias que prendem nosso ser, acendendo novamente a chama do sol em nosso espírito,passando a todos os seres,
porque o amor é para o ser humano,o que a água é para terra,fonte de energia que movimenta a existência.

Hoje 21 de setembro de 2008
Dia Internacional da Paz das Nações Unidas ,Dia da Árvore e o início da primavera.Que o dia de hoje faça todos refletir e olhar para o solo em que pisam.

Renata Tupinambá – Niterói – RJ
renata.machado.rj@gmail.com

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Excelente parente! Precisamo tornar nítida a voz das matas, dos rios e lagos, enfim, a voz da Mãe Natureza. Nós os Povos da Floresta temos o dever de salvaguardá-la, de proteger o nosso maior bem, essencial para a Vida de todos os seres que habitam esse planeta. Não adianta a ciência querer prolongar a vida humana na Terra se não oferece condições favoráveis para a manutenção da mesma. Que esse lamento possa ecoar por toda esfera mundial!

  2. Eu sou moradora de Areal e fiquei chocada quando me deparei com esta terrível destruição que fizeram na antiga Fazenda Laranjeiras, o descaso das autoridades e a crueldade de algumas pessoas me deixam muito triste. Mas ainda acredito que existam pessoas que respeitam e vão lutar pelo bem da natureza e desses animais inocentes que estão sofrendo por algo que nossa raça, o SER HUMANO, provocou.
    Acredito que um dia todos ainda vão ter consciência do quão importante é a nossa mata, nossos animais, enfim, toda a natureza do qual fazemos parte e temos obrigação de respeitar, pois é graças a ela que estamos aqui, afinal somos todos parte de uma coisa só: o planeta terra.

    Letícia Mendes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here