Acredito que muitos dos que acompanham os índios on line tem lido nos últimos meses e assistido em nosso canal celulares indígenas matérias sobre a prisão ilegal do Cacique Babau, posteriormente do seu irmão Givaldo e recentemente da liderança Glicélia e seu flho de 2 meses, todos do Povo Tupinambá – Comunidade Serra do Padeiro.

O que estamos vendo é uma afronta aos direitos humanos, uma banalização da justiça! Nossas lideranças estão sendo criminalizadas por lutarmos pela conquista de nosso Território Tradicional.

O Cacique Babau foi preso na surdina da noite, será que eles foram realmente prender o Cacique  Babau? E porque na manhã seguinte havia a notícia de um suposto seqüestro e assassinato do Cacique? A verdade é que foram executar o cacique e como os familiares acordaram tiveram que levá-lo preso. Todos nós sabemos que se paga e muito bem para calar as lideranças indígenas no Sul da bahia.

O clima de terror na região é constante. A Polícia Federal nos ATERRORIZA! Na Serra do Padeiro as familias não

tem conseguido nem manter o seu meio de subsistência que é produzir e vender a farinha. As roças crescem bonitas mas não podem ser colhidas, pois a Polícia Federal chega sem dor nem piedade! Aqui no Litoral a situação não é diferente. A Polícia também tem nos cercado, vem nos amedrontando para nos calar!! Estamos em cárcere privado!!!

Desde que saiu o Relatório com a Delimitação de nosso Território Tradicional vivemos em clima de conflito eminente. Campanhas difamatórias em jornais impressos e on line circulam, pistoleiros foram contratados, a mídia está contra nós, os pequenos proprietários foram aliciados. Nossas lideranças hoje são tratadas como criminosas!

Semana passada aqui mesmo nos Índios on Line noticiamos o julgamento positivo do Habeas Corpus para a liberaçao do Cacique Babau e seu irmão Givaldo, não tivemos nem tempo de comemorar pois no dia seguinte em uma estratégia horrenda dos contrários à demarcação de nosso Território Tradicional foi decretada a prisão preventiva dos dois pelo Juiz de Buerarema-Bahia, o mesmo que decretou a prisão de Glicélia Tupinambá e de seu bebê de 2 meses.

O Povo Tupianambá de Olivença pede Justiça!!! Que nossas terras sejam demarcadas e que nossas Lideranças sejam respeitadas!


Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
Advogada Indígena, militante social pelos Direitos Humanos Indígenas. Potyratupinamba@indiosonline.org.br

3 COMENTÁRIOS

  1. Até qunado!
    vamos continuar vendo esta barbaridade com os povos indigena?
    E Funai o que tem feito? será que tem feito algum movimento por esses indios que se encontra preso… alguem pode informar para as pessoas o papel deste orgão em colaborção de alguma coisa em defesa deste povos? Será que o orgao nao esta vendo o que as policia federal esta fazendo os povos tupinambá, maltratando os indos, antes a policia federal era concedida pela justica tirar algum fazenderio da terra dos indios, hoje é contrario tira o indio da sua terra,espanca e disrespeita todos os indios….todos os povos indigena precisa se unir e fazer seus moviemnto para acabar com toda esta tragendia que esta acontecendo com os indios Tupinambá, porque os indios precisa ser respeitado…somos um povo que sempre estamos respietando o direito de todos. desde já queremos que as pessoa tambem procure reseitar o direito dos indios, der sua terra e a liberdade de suas liderança.

    Yonana

  2. E’ com grande amargura que aprendo esta noticia de novas barbaridades. TODO O MEU APOIO AOS TUPINAMBA!!!!!!!!!

  3. Galera…
    Em primeiro lugar, os tupinambás foram EXTINTOS a mais de 300 anos.
    Em segundo lugar, a família do “cacique Babau” é originária da região de Juazeiro – BA e emigrou para o sul da Bahia na década de 50.
    Em terceiro lugar… ele é um picareta de marca maior que está se aproveitando de uma brecha da legislação para roubar terras!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here