As liderança da aldeia kiriri já convesaram com o adiministrador o senhor joão valadares recobrando as semente e conbustivos e feramenteas para os indio kiriri trabalhar.más o adiministrador fala a mesma coisas de todos os anos para os conselheiro e nós indios kiriri que a funai não tenhe dinheiro que a funai não tenhe nada.agora nós perguntamos para onde esta indo todas essas verbas que a funai de Brasilia manada para as Deere regionais pra dar manutenção das aldeias indiginas.
o adiministrador fala que em quinze em quinze esta na aldeia kiriri revovendo as coisa ,que coisa?quando nós vamos pra paulo-afonso para convesar com ele não encontramos porque, dizem que ele esta na aldeia kiriri e na aldeia agente não encontra ele nós só ver ele em Ribeira do Pombal ou em Banzaê e só passa na aldeia porque a aldeia fica no meio das duas Cidade…então nós acreditemos que na funai tenhe dinheiro se a funai não tivese dinheiro eles não andava com os Carros pra sima e pra baixo. e enconto issó nos ficamos aqui sem plantar as nossas terras.temos poucas ajuda do governo federal e funasa como fome-zero,bolsa familia .só que sempre nós ajuda é nosso pai tupã e ele que nos dar tudo e sempre vai nós dar, tambem temos um fonte muito rica na nossa aldeia que é o artesanatos trabalhamos muito para adiquiri o pão de cada dia aqui na aldeia não vende muito o artesanato só quando tenhe festa tradicional, que nós convidamos pessoas para vim participa das nossos festa e a juda comprando um artesanato kiriri,chega tempo que nós ficamos com maís de cinco mil pessas de artesanatos parados sem ter a quem vender é muito pouco que nós saimos para as cidades a fora pra vender más mesmo asim nós saimos para adiquiri o pão de dia…..

kroatym@indiosonline.org.br

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. A verdadeira realidade é que a Funai fingi que cuida das questões indigenas mas na realidade não é isso que acontece,pois deveria haver uma verba determina para o plantio ou seja para ajudar os indigenas que não tenham condições de comprar essas sementes e ferramentas,comprar o necessário para se trabalhar.Pq a Funai é um orgão para apoiar o indio.Eu quero deixar aqui o meu apoio ao povo kiriri e dizer que vcs não estão sozinhos nessa luta.E continui denunciando esse tipo de coisa.

  2. Meu querido Kroatym,

    Estou muito feliz em ler um texto seu!

    Passei 3 anos pedindo pra vc escrever e agora, graças a Deus vc tomou coragem e fez este lindo texto!
    Vc é um grande guerreiro, sabia?

    Estou orgulhosa de vc!!!

    Busque a união de seu povo e continue a luta porque sem união, não caminhamos pra lado algum!!!

    Um beijo enorme, de sua amiga,
    Juliani

  3. CURSO FORMAÇÃO MAGISTÉRIO INDIGENA POTIGUARA
    DISCIPLINA SOCIOLOGIA
    EXERCIO PARA A REDE MUNDIAL DE COMPUTAÇÃO

    SAMOS INDIAS POTIGUARA E VAMOS CONTAR UM POUCO DE NOSSA ESPERIENCIA RELACIONADA A DISCIPLNA DE SOCIOLOGIA DENTRO DO MAGISTERIO INDIGINA POTIGUARA .UMA DISCIPLINA NOVA PARA ALGUNS DE NOS INDIOS,MAS DE GRANDE VALOR E CONHECIMENTO DIANTE DE TODA ETINIAS INDIGENAS DO MUNDO.ESTA DISCIPLINA ABRANGE VARIOS CONTEUDOS CULTURAIS,COMO TAMBEM SOCIAIS:

  4. Yema e Kroatim são guerreiros kiriris, leio essas matérias que vcs escreveram e fico feliz de saber que vocês dizem para o mundo da existencia da sua aldeia e das lutas do seu povo. Uma maneira de fazer a FUNAI cumprir seu papel é pedir ajuda ao ministerio público, há procuradores que são sensíveis às causas indígenas. Acho da maior importancia que coisas básicas como prover ferramentas e sementes, ajuda tecnica a um povo que vive da agricultura seja feito na época certa, é uma causa legítima de luta.Vamos em frente.

  5. Acho maravilhoso falar e conhecer as origens das nossas queridas nações dos nossos irmãos ,que na minha onesta opinião são os verdadeiros senhoers em se falando de direitos de posse daesta linda terra que deram o nome de Brasil.Porem o verdadeiro nome é aquele que deveria já existir,quando aqui já habitavam os nossos queridos irmãos indios .Assim muito feliz por ter tido essa oportunidade me dispaço mandando um forte abraço para todos aí.Carlinhos Blue Caps.

  6. Não sou índia, mas tenho antepassados indigenas.
    Sempre lutei e lutarei para que os índios de todas as etnias e nações.
    Tenho um amigo Kirirí chamada Hahahaê o qual admiro e respeito por sua história de luta e conquista.
    Não tinha conhecimento desde site até hoje quando resolvi pesquisa sobre o povo do meu amigo.
    Parabenizo por este belissimo trabalho.

    Grata e obrigada por tudo.

    Ana silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here