oi

Irresponsável utiliza com má fé Orkut e é condenado por racismo contra indígenas

Já não basta a mídia que muitas vezes não coloca a realidade dos povos indígenas, onde de vez enquando faz todo um folclore sobre nos povos indígenas. Agora um cara que se diz cidadão ultiliza-se do Orkut para denegrir a imagem dos verdadeiros donos da terra, fazendo apologia à discriminação para com os povos indígenas, não podemos aceitar isso. Veja a reportagem publicada a baixo…

Homem que se diz cidadão brasileiro, morador de Belém, Reinaldo A.S.J foi condenado nesta segunda-feira (24/8) de agosto, a dois anos e meio de prisão por publicar conteúdo racista contra os índios em uma comunidade do site de relacionamentos Orkut. A denúncia contra ele havia sido feita pelo Ministério Público Federal em 2007 e, durante o processo, ele confessou o crime.
De acordo com a Seção de Comunicação da Justiça Federal no Pará, a sentença é a primeira do gênero no estado. O juiz Wellington Castro, que julgou o caso, substituiu a pena de prisão por prestação de serviços comunitários à Fundação Nacional do Índio e ao pagamento de R$ 20 mil.
O réu foi denunciado porque fazia parte de uma comunidade no Orkut chamada “Índios… Eu consigo viver sem”. Entre várias declarações ofensivas postadas na comunidade por outros usuários, as de Reinaldo puderam ter a autoria identificada por dados que ele próprio publicou no site de relacionamento e também em um fotolog.
O MPF conseguiu as informações depois da quebra de sigilo dos dados telemáticos, assegurada pela Justiça. Descobriu então que o acusado postava as mensagens racistas de dentro da empresa onde trabalhava. “Quero deixar claro que não discuto com índio, mas sobre índios. Esses seres são incapazes e não tem como se responsabilizar por quaisquer discussões. Continuo defendendo a política americana em relação aos índios, vamos exterminá-los e depois estudar a sua linda história neste país promissor”, foi uma das mensagens racistas deixadas pelo réu.
Em defesa do acusado, os advogados alegaram que ele confessou as postagens feitas no Orkut, o que indicaria que ele “não dispunha de ânimo, de vontade de promover preconceitos raciais, tanto que humildemente e constrangido por seu gesto infantil, até chorou, pedindo desculpas”.
O juiz levou em consideração a confissão do réu, mas afirmou que o susposto desconhecimento sobre a ilegalidade não seria motivo para absolvição. “Se não sabia dessa ilicitude, deveria saber”, afirmou o juiz.
“As consequências do crime são graves por disseminar e incitar ideais de intolerância, desprezo e racismo contra a etnia indígena a um universo indeterminado de pessoas, inclusive crianças e adolescentes, sabidamente, assíduos frequentadores do orkut”, observou o juiz na sentença.
O réu ainda pode recorrer ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região. O processo tramita com o número 2007.39.00.003581- 8

Fonte: Procuradoria da República no Pará – Com informações da Seção de Comunicação da Justiça Federal no Pará

Que coisa não? Como se não bastasse o sofrimento que vimos passando nesses 509 anos na educação, saúde, habitação, terra e saneamento básico. Aparece um ser sem coração para nos denegri perante a sociedade que já nos exclui cada vez mais, no entanto ressaltamos que somos fortes e que nossos troncos velhos não vão nos abandonar e que pode vim que ainda lutaremos até a ultima gota de sangue se for preciso.
Não pedimos para que os não índios invadissem nossas terras e não vivemos para ser capitalistas e sim trabalhamos na terra para termos ao menos o que comer.
As forças encantadas estão sempre conosco e nada nos faltará, pois a essência indígena sempre prevalecerá.

Edcarlos (Carlinhos – Pankararu)

edpankararu@hotmail.com

Comentários via Facebook

6 COMENTÁRIOS

  1. Uau…que noticia!

    Por isso temos que aumentar as ações afirmativas da valorização da diversidade!

    Como também usar a REDE para esse fim!

  2. Sinistro… Mais pelo menos vimos q a justiça foi feita.

    Vamos continuar mostrando nossa organização ciberativistas, rebatendo e denunciando atitudes como essa. Mostrando a união e a força da diversidade cultural de nosso Pais.

  3. É horrivel como vemos que a internet serve a tudo e a todos.
    Temos que lutar contra isso.
    Pessoas que se acham no poder de falar contra nós!!!
    Espero que mais casos como esse possam ser resolvidos!!!!

  4. Minha gente!!! quando venho dizendo que a Justiça luta contra às mazelas deixadas pela invasão e colonização deste nosso território não estou errada. Imaginemos como esses nossos juristas responsáveis em fazer de fato justiça de acordo às leis estabelecidas como devem ser pressionados por esses que se acham donos do mundo por serem milionários, e que podem engordar bolsos que se vendem com facilidade. Pagam profissionais de melhor qualidade para defendê-los, mas atitudes como essas e demais que estão acontecendo no judiciário brasileiro nos mostram que ainda existe esperança de um mundo melhor!

  5. Eu tenho orkut mas,nunca que vou ser racista pois,racismo écrime e eu não quero virar criminosa.Espero que todos vocês fiquem bem e não se importe com isso pois essas pessoas que escreveram não tem o que fazer por isso escreve essas bobeiras
    espero que vocês acreditem em mim pois eu também já sofri por causa do racismofiquem com Deus e não importa o que aconteçer sempreque algúem for racista com vocês denunciem não tenham medo!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here