1.Alexandre dos Santos – Pankararú
2.Alexandre lobo dos santos – Pankararú
3.Ana do Carmo Barros – Pankararú
4.Ana Claudia de Souza – Guarani
5.Andriella Vieira Cruz de Souza – Kariri xoco, Fulnio-ô
6.Antonio Fernandes – Tuxá
7.Beatriz Aparecida da Cruz – Pankararú
8.Boaventura Belizário – Pyhcop-cati ji / Gavião
9.Cecília Lopes Marinheiro – TUMBALALÁ
10.Célio Jesus da Silva – Kiriri
11.Claldeci Santos Suír Suíra – Kariri xocó
12.Cristiane Juliao – Pankararú
13.Daiana Maria dos Santos – Pankararú
14.Dalton da Silva – Kaiwa
15.Daniete Maria dos Santos – Pankararú
16.Dywany Batista Dywany – Kiriri
17.Eder Alcantara Oliveira – Terena
18.Edilene Santana – Tumbalalá
19.Edilza Borges – Pataxó–MG
20.Edson Santana – Tumbalalá
21.Edvaneide Maria dos Santos – Pankararú
22.Elaine Gomes Ramos – Tumbalalá
23.Geovan Miguel da Silva – Pankararú
24.Gerson Silva Santo Silva – Kariri xocó
25.Gilza Matos Soares – Pataxó (COROA VERMELHA)
26.Graciela Santos – Guarani-Ñandeva
27.Hélio Monzilar – Umutina
28.Inucêncio Pires Filho – Kariri Xocó
29.Irayani Barros da Silva – Pankararú
30.Iveraldo Pereira Junior – Fulni-O
31.Ivone Terezinha da Silva – Pankararú
32.Jailton Miguel da Silvam – Pankararú
33.Jairo João de Souza Santos – Pankararú
34.Jaqueline Gonçalves Porto -Kaiua
35.Jerusa Ramos da Silva – Macuxi
36.Jerusa Alves da Costa – Pataxó hãhãhãe
37.Jesse Massi de Morais – Terena
38.Jessica Tália da Cruz Andrade – Pankararú
39.José Rosivaldo dos Santos – Pankararú
40.Jonas Polino Sansão – Gavião
41.Jose Nunes de Oliveira – Kariri Xocó
42.Josimara Ramires Machado – Guarani kaiowá
43.Juliana dos Santos – Pankararú
44.Juvencio Cardoso – Baniwa (Alto Rio Negro)
45.Kenedy Souza – Guarani
46.Leila Borges – Pataxó (MG)
47.Lenoir Tenório – Xucurú kariri
48.Lian Pankararú – Pankararú
49.Luana Bárbara Gomes de Oliveira – Pankararú
50.Marcela da Silva Santos – Pankararú
51.Marcelo Jose da Silva – Pankararú
52.Marcelo Jesus – Kiriri
53.Maria Jaira dos Santos – Pankararú
54.Maria José Amaral Bransfor – Tupinambá
55.Marinalva Alves de Santana -Tumbalalá
56.Mayara Barros dos Santos – Pankararú
57.Micheli Alves Machado – Guarani-kaiowá
58.Moises Luiz da Silva Da Silva -Baniwa
59.Nataly Regina dos Santos – Tupinambá de Olivença
60.Nilcimar Cabreira Morales – Terena
61.Noberto Manoel da Silva – Pankararú
62.Odair da Silva – kaiowá
63.Orlando Fontes – Baniwa (Alto Rio Negro)
64.Paulo Belizário Gavião – Pyhcop Cati ji/Gavião
65.Robson Santos- Tumbalalá
66.Robson Matias Souza – kariri-xocó
67.Ronaldo José dos Santos – Pankararú
68.Rosane Maria da silva – Pankararú
69.Rosiane Santos Silva – Kariri Xocó
70.Sandra Monteiro de Souza – Pankararú
71.Silvio Machado – Tukano
72.Suyane de Souza Tenório – Xucurú Kariri
73.Tanawy Tenório – Xucurú Kariri
74.Tapiaete Pataxó – Pataxó
75.William Trajano – Pataxó Hãhãhãe
76.Yonkorenon da Luz – Pankararú
77.Zico Ribeiro – kaingang
78.Jéssica Ramires – Kaiowá
79.Wesley de Souza Matos – Kariri Xocó

EM BREVE SERÁ DIVULGADO UMA NOVA LISTA COM TODOS OS INSCRITOS. AQUELES QUE FIZERAM SUA INSCRIÇÃO E NAO SE ENCONTRAM NESTA LISTA FAVOR ENTRAR EM CONTATO PELO E-MAIL arcodigital@terra.com.br.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Somos a Associação de Teatro de Bonecos do Estado de Minas Gerais. Congregamos mais de 15 grupos que se dedicam a essa arte. Nos últimos anos, temos realizado uma série de projetos, onde pesquisamos histórias da cultura oral de várias cidades e em uma oficina na própria cidade, transformamos com seus moradores as histórias em espetáculos.
    Gostaríamos de entrar com um projeto em um edital que está aberto até 8 de fevereiro, propondo:
    – pesquisar histórias da cultura de povos indígenas de MG
    – criar um roteiro dramatúrgico dessas histórias
    – viajar para a comunidade e fazer com seus jovens e adultos uma oficina de criação de bonecos e montagem de cenas de suas histórias – 40 h (no mínimo)
    – deixar em cada grupo étnico os bonecos e uma infraestrutura de palco para teatro, de modo que o espetáculo possa continuar a ser apresentado, bem como incentivar os participantes e criarem outros espetáculos, com outras histórias
    Acreditamos que esse trabalho poderia resgatar várias histórias, não em livros, ou as trazendo para fora da aldeia, mas sim, dando à comunidade uma ferramenta de manutenção das histórias e da língua.
    Estamos tentando contatos com lideranças das aldeias, para que nos digam se gostariam de participar do projeto. Não queremos levar algo que eles não queiram, porisso nossa preocupação em consultá-los primeiramente. Gostaríamos de alguns contatos para essa primeira conversa. Temos alguns, mas estamos tendo dificuldades em estabelecer uma conexão. Informamos que a oficina, materiais, palcos, etc são totalmente gratuitos.Não há nenhum custo para a comunidade.
    Contatos : atebemg@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here